Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/03/2010 - Olhar Direto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homens são detidos após levarem R$ 30 mil de empresário do interior

Por: Dayane Pozzer


A Polícia Rodoviária Federal interceptou na tarde da última sexta-feira (26) três homens acusados de terem aplicado um golpe em Rondonópolis. Eles foram abordados no km 319 da BR-364, próximo a Campo Verde e no interior do veículo Ford Eco Sport, placas NPD 2198, de Cuiabá, os policiais encontraram R$ 20 mil em espécie.

Foram presos José Tadeu de Araújo Amorim, 40 anos, Adão Dias da Silva, 62 anos e Paulo Augusto Ramos, 52 anos. Eles foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, em Jaciara. O golpe consistiu na suposta venda de pneus de caminhão a um preço abaixo do mercado a um jovem empresário do ramo de pneus que tem seu negócio em Querência, no norte do estado.

De acordo com o boletim de ocorrência, o empresário recebeu uma ligação de um dos integrantes do grupo, que ofereceu 40 pneus de caminhão modelo 225 – 1100/22, a R$ 1,2 mil cada. O estelionatário prometeu entregar com nota fiscal e afirmou que a carga era de uma compra feita a mais pelo Denatran e que ele estava autorizado a fazer a comercialização com o preço menor.

O homem disse que os pneus estariam armazenados em uma concessionária de Rondonópolis. A negociação foi fechada no valor total de R$ 36 mil, sendo que a vítima pagaria R$ 30 mil em dinheiro e o restante seria dividido em dois cheques pré-datados.

O empresário saiu de Querência para efetivar o negócio em Rondonópolis acompanhado de seu pai. O fechamento foi combinado para a tarde de sexta-feira e, após contato telefônico da vítima com o estelionatário, os três se encontraram na entrada da prefeitura.

Logo em seguida, foram até a concessionária onde supostamente estariam os pneus e lá um segundo indivíduo os aguardava. A nota fiscal foi entregue com os dados do empresário que já havia passado as informações via e-mail para os bandidos.
O empresário queria ver o produto, mas foi convencido a encontrar o suposto chefe do Denatran, que o aguardava na cantina de uma faculdade local, porque seria necessária a assinatura do mesmo na nota fiscal. Quando a vítima chegou no local, o golpe foi efetivado. O terceiro integrante estava lá e pediu que o empresário fosse sacar os R$ 30 mil. Ele sacou o dinheiro e entregou ao suposto chefe do Denatran, que alegou estar na faculdade realizando uma palestra.

O dinheiro foi repassado aos outros dois integrantes e o terceiro afirmou que voltaria para a palestra. Em posse do valor, os dois homens disseram que iriam até a tesouraria da faculdade para conferir a quantia e que logo retornariam. A vítima e seu pai estranharam a demora dos dois e quando foram conferir descobriram que não havia nenhuma palestra na instituição. Os estelionatários fugiram por uma saída nos fundos.

A vítima procurou a polícia e fez o registro com investigadores da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri). A polícia fez buscas e descobriu informações sobre o veículo utilizado pelos estelionatários.

A PRF foi comunicado e conseguiu interceptar o veículo. Assim que os três homens foram presos e levados para Jaciara, a Polícia Civil de Rondonópolis foi comunicada e os conduziu até o Cisc do município. Segundo a Polícia Civil, foram recuperados R$ 24.750,00 em dinheiro. As vítimas fizeram o reconhecimento dos acusados, que foram autuados em flagrante delito por estelionato e encaminhados à Cadeia Pública.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 242 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal