Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/03/2007 - Último Segundo / Valor Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal faz operação para desmontar quadrilha de lavagem de dinheiro

Por: Adilson Fuzo


SÃO PAULO - A Polícia Federal e a Receita Federal realizaram hoje uma operação conjunta para o desmonte de uma organização criminosa que realizava lavagem de dinheiro nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Batizada como Operação Ouro Verde, a ação mobilizou 704 policiais federais e 161 auditores da Receita Federal.

Segundo a Polícia Federal, a organização criminosa criou uma espécie de sistema bancário paralelo na região, no qual eram oferecidos serviços como conta corrente e investimentos, abastecidos com o dinheiro de caixa dois das empresas.

Os criminosos também utilizavam canais ilegais para comprar e vender moeda estrangeira e enviar remessas de valores para o exterior, além de lavar dinheiro proveniente de diversos crimes, como contrabando, descaminho e tráfico de drogas.

A quadrilha teria como clientes mais de 30 empresas do setor têxtil, de exportação, de pneus, entre outros.

A polícia estima que o grupo mantenha contas em paraísos fiscais e utilize contas correntes em outros países, além de empresas no exterior para movimentar mais de US$ 10 milhões.

Até o final da tarde, a Polícia Federal havia realizado 20 prisões e apreendido 24 veículos, 20 obras de arte e grande e quantidade de cédulas de real, dólar e euro, apenas no Rio Grande do Sul.

A Polícia Federal não divulgou os números finais da operação em Santa Catarina, mas ao início do dia ela pretendia cumprir 15 mandados de prisão temporária e preventiva e mais 76 mandados de busca e apreensão na região.

Por requisição da polícia, a Justiça Federal determinou ainda o bloqueio de aproximadamente 560 contas bancárias suspeitas.

A operação aconteceu simultaneamente nas cidades catarinenses de Joinville, Jaraguá do Sul, Guaramirim, Corupá, São Bento do Sul, Balneário Camboriú, Indaial, Blumenau, Itajaí, Florianópolis, Brusque, Joaçaba e Treze Tílias.

No Estado do Rio Grande do Sul, a ação atuou nas cidades de Porto Alegre, Novo Hamburgo, Gravataí, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul e São Marcos.

A Operação Ouro Verde também esteve na cidade de Araucária, no Paraná.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 336 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal