Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/02/2010 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado / Agência Brasi Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Corrupção é 'problema endêmico', diz advogado-geral da União

Luís Inácio Adams destacou o processo de 'renovação' vivido pelo País, mas definiu problema como patologia.

BRASÍLIA - O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, disse nesta sexta-feira, 26, que considera a corrupção de um problema endêmico e permanente no país. "Cabe ao Estado e aos cidadãos exercerem a vigilância e o controle permanente contra essa patologia", afirmou Adams durante sua participação no programa Bom Dia, Ministro. Adams disse que a corrupção não problema exclusivo do Brasil e destacou que o País passa por um processo de "renovação".

Sobre a situação política no Distrito Federal, que levou à prisão do governador José Roberto Arruda, o ministro explicou que, se for decretada a intervenção pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a unidade federativa perderá autonomia administrativa.

"Com a intervenção, a União intervém no estado retirando a sua autonomia administrativa para preservar o respeito dos princípios democráticos previstos em lei. Para isso o STF identifica a causa para a intervenção, o presidente [Luiz Inácio Lula da Silva] designa o interventor, e os prazos", explicou.

Segundo o ministro, a situação mais complicada seria no âmbito do Legislativo local. "Para isso, não existem precedentes. Pode ocorrer desde a substituição da presidência da Casa como a própria substituição da Câmara Legislativa pelo Congresso Nacional", disse Adams.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 178 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal