Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/02/2010 - Diário de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude fiscal gigante em Itália

Empresas emitiam recibos de 1,8 mil milhões de euros por serviços inexistentes. Um senador foi apanhado no esquema.

O nome de um senador figura entre os 56 mandados de captura emitidos ontem pela justiça italiana por alegada fraude fiscal no valor de 365 milhões de euros no sector das telecomunicações, revelou Giuliu Tremonti, ministro das Finanças. O senador Nicola Di Girolamo, membro do partido do primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, é ainda apontado como tendo ligações à máfia, mas está protegido por imunidade parlamentar. O Senado de Roma terá de pronunciar-se pelo levantamento da imunidade.

Quem está sem o guarda-chuva da imunidade são nove estrangeiros envolvidos no novo escândalo italiano de fraude fiscal. Cinco ingleses, três suíços e um norte-americano actuavam, segundo a acusação dos magistrados, em "comandita" com os italianos. O esquema era simples e envolvia duas empresas de telecomunicações: a Fastweb, até há pouco tempo nas mãos de Silvio Scaglia - conhecido magnata italiano -, e a Telecom Italia Sparkle, filial da Telecom Italia. As duas empresas terão emitido recibos no valor de 1,8 mil milhões de euros a sociedades estrangeiras, por serviços telefónicos e Internet. O problema, diz a acusação italiana, é que esses serviços nunca existiram e as facturas, emitidas do estrangeiro, eram falsas. Assim, as despesas terão servido para desviar dinheiro para fora do país. E, cereja em cima do bolo, ao mesmo tempo, aumentava os custos das sociedades, diminuindo o montante dos lucros sujeitos a impostos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 265 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal