Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/02/2010 - Diário da Amazônia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos acusados de aplicar golpe do cartão


Duas pessoas foram detidas acusadas por um comerciante do bairro JK de lhe aplicar golpe com cartões de crédito, em duas compras anteriores. Anteontem o comerciante teria reconhecido uma pessoa que tentava fazer uma compra também com cartão de crédito e acionou a Polícia Militar através do Centro de Operações que mandou ao local uma viatura policial para investigar a denúncia.

Os policiais militares em contato com a vítima, o empresário Eucemir José de Carvalho, estabelecido a avenida Guaporé, bairro JK, souberam dela, que uma dos acusados Cleverson Duarte, 33 anos, foi até seu estabelecimento e fez duas compras no valor de R$ 900,00 com cartões de crédito e ao retornar anteontem o comerciante Eucemir teria reconhecido Cleverson Duarte e acionou a Polícia.

Sem explicar

Os policiais iniciaram o questionamento sobre os cartões de crédito, em nome de terceiros, que estavam de posse de Cleverson, que não soube explicar a procedência e nem a origem. O comerciante apontou um veículo marca GM-modelo Monza, que estava estacionado a frente da loja e que pertenceria ao acusado. Na vistoria feita ao veículo, os policiais militares apreenderam mais três cartões, que Cleverson negou informar detalhes dos mesmos.

De repente, entrou na loja Helmithon Pereira, trazendo a quantia de R$ 1.800,00 para saldar as duas compras de R$ 900,00 que teriam sido feitas por Cleverson Duarte. Questionado sobre a procedência do dinheiro Helmithon não soube informar, argumentando que recebeu de uma pessoa em um posto de combustível próximo para levar até o local.

Ao analisar a ocorrência e as evidências apresentadas ao delegado plantonista Dr. Dayan Saraiva determinou que o escrivão de plantão ouvisse todos os envolvidos, vítimas, acusados e testemunhas, para em seguida ser encaminhado à delegacia da área para ser anexado ao inquérito policial, já que o episódio ocorreu fora do flagrante.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 176 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal