Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/02/2010 - Bom Dia Sorocaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vendedora de 67 anos é 3ª a cair no golpe do bilhete

Pelo menos outras duas mulheres tiveram prejuízo financeiro neste mês após casal contar a história do prêmio da loteria.

A vendedora L.F.B., 67 anos, foi vítima do golpe do bilhete premiado na tarde de quinta-feira, quando dois golpistas levaram R$ 1,8 mil dela. Ela é pelo menos a terceira mulher a cair na história e ter prejuízo neste mês.

“Eles me enfeitiçaram”, disse a vendedora. “Eu sempre critiquei quem caiu nesse golpe, mas a vítima, dessa vez, fui eu.”

Como nos outros dois casos registrados em 20 dias (veja matéria abaixo), ela foi abordada na rua por duas pessoas quando ia embora para sua casa, no bairro Retiro. Uma delas, ao se passar por desavisada, pedia ajuda para vender e resgatar o prêmio de um bilhete premiado.

De acordo com o delegado titular da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), Antonio Dota Junior, “99% das vítimas são levadas pela vontade de lucro fácil”.

No caso de L., uma moça se aproximou dela e disse que não estava em sã consciência e que havia ganho R$ 3,4 milhões na loteria. Porém, afirmou precisar de alguém instruído para ajudá-la a sacar a quantia.

A vendedora disse à polícia que um segundo homem apareceu em uma Eco Sport prata, bem vestido, e disse que levaria as duas mulheres ao banco.

Ele afirmou também que sacaria uma quantia em dinheiro em seu banco e que era para a vítima fazer o mesmo. Segundo ele, a suposta ganhadora do bilhete ficaria com R$ 3 milhões e ele e a vendedora com o restante.

Depois de receber o dinheiro da vítima na frente do Banco do Brasil, no Centro, a suposta dona do bilhete premiado disse que estava passando mal e precisava ir a uma farmácia. Ao sair da farmácia, não encontrou mais o casal, que fugiu com seu dinheiro.

Vítimas escolhidas têm mais de 60 anos

Outros dois casos também neste mês causaram prejuízo de R$ 20 mil a duas aposentadas. Em um deles, ocorrido no dia 7, a vítima rasgou uma nota de R$ 10 que os golpistas deixaram para que ela comprasse pão com mortadela, quando fugiram levando R$ 3,2 mil.

“Não quero esse dinheiro sujo”, disse V.R.C., 76, na época, enquanto registrava queixa no 3º Distrito Policial.
Em outro caso, no dia 2, a aposentada A.L.T., 71, perdeu R$ 20 mil, dessa vez em um golpe aplicado por duas mulheres no Centro.

Uma das golpistas dizia que tinha um bilhete e que queria vendê-lo. Procurada pelo BOM DIA na ocasião, a aposentada disse não se lembrar do golpe, pois estava sob efeito de medicamentos.

A pena para estelionato, de acordo com o delegado Dota, é de um a cinco anos de prisão.


Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 124 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal