Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/02/2010 - Correio Braziliense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários são presos após golpe em loja de shopping

Por: Mariana Moreira


Agentes da 8ª Delegacia de Polícia, localizada no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), prenderam nesta quinta-feira (18/2) uma quadrilha de estelionatários que atuava na região do Parkshopping, SIA e Feira dos Importados. Eles usavam documentos falsos, cartões e cheques alheios para fazer compras de altos valores. "Ainda não sabemos se roubavam ou clonavam os cartões", ressaltou a delegada da 8ª DP, Déborah Menezes. Os policiais prenderam Maria Ângela de Souza, 39 anos, Maria Mirtes Carvalho, 42 anos, Marcos Celso de Carvalho Júnior, 42 anos e Edilson de Carvalho, 36 anos, mas há suspeitas de que a quadrilha tenha ramificações.

Como o índice de estelionatos na região era alto, a delegada espalhou folders com esclarecimentos sobre os golpes, fez palestras e deu orientações a comerciantes e gerentes de banco. Segundo ela, uma varredura detectou que em quase todas as agências bancárias do SIA havia máquinas chupa-cabra, equipamento utilizado para roubar dados de cartões bancários. "Eles já compraram muitas roupas de grife, óculos de sol, relógios e aparelhos eletrônicos", revelou.

Mas a sorte do grupo mudou. Na tarde desta quinta-feira, os quatro foram à loja da operadora TIM, localizada no Parkshopping, e compraram três modernos aparelhos celulares, cada um avaliado em cerca de R$ 1.800. A vendedora desconfiou e acionou a polícia. Os acusados foram presos pouco depois, no estacionamento do shopping. Com eles, os agentes encontraram uma enorme quantidade de cheques com valores entre R$ 220 e R$ 4.000, cartões bancários de terceiros, oito aparelhos de celular em uso, os três telefones móveis recém-comprados, ainda dentro da caixa, além de documentos de identidade e comprovantes de renda falsos.

Um dos integrantes, Edilson de Carvalho, seria o responsável por abastecer o grupo com a documentação falsa necessária para a aplicação dos golpes. No auto de infração, consta que ele recebia entre R$ 50 e 100 reais por cada documento confeccionado.

Uma das mulheres presas, Maria Mirtes carvalho, chegou a dizer que precisava pagar os estudos da filha, por isso teria aceitado o convite da amiga para participar dos golpes. A outra detida, Maria Ângela Souza, afirmou que trabalha em uma escola, que não passa cheques sem fundo e seu rendimento mensal varia entre R$ 1.000 e R$ 2.0000 reais.

Depois de apresentados à imprensa, os dois homens foram encaminhados à Papuda e as mulheres para o presídio feminino, Coméia. A pena para estelionato varia de um a quatro anos de detenção. No caso de formação de quadrilha, entre um e três anos.

Não caia nos golpes:

-Não dê a ninguém o número e a senha de sua conta bancária
-Não carregue dinheiro em mochila nas costas. Traga-o junto ao corpo e tenha as mãos desocupadas
-Redobre a atenção em portas de banco
-Não aceite ajuda de estranhos
-Não deixe a agência de banco com qualquer pacote nas mãos
-Verifique cuidadosamente as informações de seu extrato bancário. Em caso de dúvidas, procure o gerente
-Se perder ou extraviar seu cartão bancário, faça o bloqueio e comunique à delegacia mais próxima
-Sempre que fizer alguma compra, não perca seu cartão de vista. Acompanhe o funcionário que fará a operação
-Quando estiver no caixa eletrônico, não deixe ninguém se aproximar demais
-Se seu cartão ficar preso na máquina, não abandone o terminal. Tecle ANULA e peça para alguém chamar um funcionário da agência
-Se tiver qualquer dificuldade, peça ajuda a um funcionário devidamente identificado
-Confira se o cartão que tem em mãos é de fato seu

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 183 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal