Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/10/2006 - Gambare ! Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Jovem nikkei é preso ao fazer compra com nota falsa

Desempregado, ele alegou que a usou por não ter dinheiro.

Policiais japoneses prenderam Jason Jiro Hibiki Ortis Hayashida, 22 anos, que tentou pagar uma compra usando uma nota falsa de 10 mil ienes. Desempregado e morando no bairro de Nishi, em Minokamo (Gifu), o brasileiro alegou que utilizou a nota falsa porque não tinha dinheiro. Ele tentou passá-la para frente com a compra de uma balança, que custava 3,6 mil ienes em uma loja de produtos de Honmachi, em Seki, na mesma província.

De acordo com o jornal Yomiuri, por volta das 16h de terça-feira 3, o brasileiro entregou a nota falsa para a proprietária da loja, uma senhora de 64 anos. Ao pegar os 10 mil ienes, ela estranhou a cor escura do dinheiro e também a textura diferente - a nota era uma xerox frente e verso da nota original.

A dona do estabelecimento acionou o número 110 da polícia de Seki, que realizou uma busca nas redondezas e, após 30 minutos, encontrou o brasileiro e o irmão de 17 anos dentro de um veículo estacionado em Midorigaoka, também na cidade de Seki. Jason foi preso e encaminhado para a Procuradoria da Província de Gifu.

Na comunidade verde-amarela, caso de falsificação não é novidade. As casas noturnas que promovem festas para brasileiros também já encontraram flyers falsificados, todos xerocados, que dão direito a descontos e bebidas grátis.

Agora, a polícia japonesa vai investigar se há outros casos de notas falsas utilizadas em Gifu. Resta saber se as notas foram produzidas por Jason ou se ele pediu para outra pessoa confeccioná-las.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 216 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal