Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/02/2010 - Jornal Floripa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários usam Copa do Mundo para dar golpes por e-mail

Para conseguir senha de cartão eles oferecem viagem para Copa com dez acompanhantes. Veja dicas de especialistas.

O Jornal fala sobre a Copa do Mundo, mas não são novidades sobre a seleção. O assunto é um golpe, uma armadilha virtual que anda circulando pela internet. Tem gente recebendo e-mail que oferece passagens e ingressos para a Copa, porém é tudo falso.

É mais uma armadilha criada pelos estelionatários. Os especialistas alertam que os criminosos virtuais usam datas e fatos importantes como a Copa do Mundo para atrair os internautas. Por isso, algumas dicas de segurança são importantes.
A assistente de RH Fátima Lima não sabe como um vírus foi parar no computador dela. Descobriu da pior forma: depois de perder R$ 1,8 mil, após digitar a senha da conta em um site falso do banco.

“Digitei a frase secreta, digitei a senha. Ao digitar a senha, eles pediram ‘digite novamente a chave de segurança’. Eu entrei novamente e digitei a chave de segurança. Mas em nenhum momento, eu percebi que eu estava digitando pela segunda vez”, lembra Fátima Lima.

Os especialistas dizem que os criminosos virtuais usam justamente as palavras-chave e assuntos mais procurados nos sites de busca para aplicar os golpes. A ideia é fisgar os internautas com e-mails sedutores que, uma vez abertos, se tornam armadilhas.

O que você faria, por exemplo, se recebesse uma mensagem com um convite para ir de graça para a África do Sul assistir aos jogos da Copa do Mundo? É o que promete um e-mail enviado supostamente em nome de uma empresa de cartões de crédito. A mensagem fala de uma promoção para levar clientes para a Copa e ainda oferece aos ganhadores R$ 100 mil e o direito de escolher dez amigos para viajar junto.

As instruções para concorrer? O fornecimento de dados pessoais para recadastrar o cartão.

O diretor de uma empresa de segurança na internet lembra que nem instituições financeiras nem do governo, como Receita Federal ou Justiça Eleitoral, enviam e-mails pedindo dados pessoais.

“Se você recebeu algum tipo de informação dessas, a melhor forma é entrar no site oficial do órgão competente que está encaminhando aquela informação e verificar as informações que o site está provendo”, destaca Waldo Gomes.

Como saber se a informação contida em um e-mail recebido é realmente verdadeira? Veja algumas dicas:

Passe o mouse por cima de um link, sem clicar e verifique se o endereço na barra de navegação se refere ao título desse link. Por exemplo, ao navegar pelo site da Receita Federal, assim que passamos o mouse sobre o link taxa de juros Selic embaixo, aparece o endereço correspondente.

Por fim, veja se há na página a figura de um cadeado. Clique nele para confirmar se existe certificado de segurança. E não se esqueça de atualizar sempre o programa antivírus instalado no seu computador.

“O mais importante é a prevenção. É evitar que aconteça. Assim como temos que ter atenção, existe a rua escura do mundo real, existe a rua escura do mundo digital”, compara a advogada de direito virtual Patricia Peck Pinheiro.

Uma pesquisa feita por um fabricante de programa antivírus mostra que as iscas mais usadas pelos chamados golpistas eletrônicos são nomes de veículos de comunicação, de celebridades, de times de futebol e de sites de relacionamentos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 194 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal