Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/02/2010 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher acusada de dar golpe de R$ 1 mi


A prisão da vendedora Elaine Cristina Silva Pereira Todeschini, de 32 anos, pode esclarecer uma série de golpes aplicados no comércio da Grande Cuiabá. Detida com várias jóias compradas com cheques com insuficiência de fundos, ela estava na mira de várias empresas que disseram ter sido lesadas pela vendedora. As vítimas calculam que o prejuízo seja superior a R$ 1 milhão. Detida no pátio do Atacadão do Porto, ela foi levada para a Delegacia do Complexo do Verdão sob acusação de estelionato.

Segundo os policiais, ela estaria tentando devolver jóias compradas recentemente de uma joalheria da Capital. O golpe, no entanto estava sendo aplicado desde o ano passado. A vendedora se passava por socialite e fazia compras com cheques. Sempre bem vestida, não despertava a atenção. Assim que os cheques eram depositados, voltavam, em seguida, por insuficiência de fundos.

As vítimas são lojas de móveis finos, de decoração, eletrodomésticos e, principalmente de shoppings, que ela gostava de frequentar. Os vendedores disseram aos policiais que nunca desconfiaram da vendedora, uma vez que sempre se apresentava como integrante da classe alta.

Os comerciantes começaram a perceber que tinham caído num golpe. Então, começaram a investigar por conta própria e localizaram a vendedora. Ela, inclusive teria se mudado de Cuiabá. Ao ser detida, no bairro Porto, alegou que estava morando em Rio Branco (AC). “Não acreditamos. Ela tem o direito de falar o que quiser, mas deve estar morando por aqui mesmo”, observou um policial que participou da prisão.

A vendedora, no entanto deverá ficar pouco tempo na prisão, uma vez que estelionato é considerado crime de menor poder ofensivo e a pena é inferior a cinco anos, o que pode garantir a liberdade provisória dela nos próximos dias.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 196 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal