Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/03/2007 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 6 por fraude na venda de imóveis para baixa renda

Por: Carolina Iskandarian


Seis pessoas foram presas nesta sexta-feira (23) pela Polícia Federal de São Paulo por suspeita de fraudar financiamentos e consórcios para a compra de imóveis voltados para pessoas de baixa renda. Para não levantar suspeita, a quadrilha montou até uma empresa de fachada.

O delegado Carlos Eduardo Pellegrini, que investiga o caso, disse que o último integrante do grupo foi preso na tarde desta sexta em um dos dois escritórios que eles mantinham na capital paulista.

Chamada de Construtech Construções e Incorporações Ltda., a companhia com sede na capital paulista simulava, segundo a Polícia Federal, ser representante comercial de grandes administradoras de consórcio e financiamento de imóveis. Desta forma, conseguia enganar os possíveis compradores e ficar com o dinheiro.

De acordo com Pellegrini, os escritórios montados eram de alto padrão. Cerca de 400 pessoas podem ter sido lesadas. "Eles trabalhavam bem vestidos. Ninguém desconfiava. Ludibriaram professores e até um sargento da Polícia Militar", disse Pellegrini. Ele explicou que, pelo esquema, as vítimas davam entradas de R$ 1.000 ou R$ 1.500 e pagavam o restante em até 15 parcelas.

"Eles tinham a falsa promessa de receber a casa própria. O foco dessas pessoas era gente das classes D e E. Eles queriam atingir o maior número possível de clientes", contou o delegado, que monitorava o grupo desde o ano passado.

Os seis presos foram indiciados pelos crimes de retenção e apropriação de valores, formação de quadrilha, estelionato e falsidade ideológica. Pellegrini destacou a importância de as vítimas procurarem o Procon para serem cadastradas e receberem o dinheiro investido de volta.

Como o serviço oferecido pela empresa falsa foi divulgado em rádios e jornais do interior de São Paulo e do sul de Minas Gerais, o número de pessoas enganadas foi grande.

Os detidos já são conhecidos da Polícia Federal. Em 2006, haviam sido pegos na operação que desmantelou outra empresa de fachada que agia da mesma forma: a Right Place Construções e Intermediações de Negócios Ltda.

A quadrilha chegou a veicular sua propaganda na televisão. Apenas com a prisão preventiva pedida, eles foram soltos porque era período eleitoral e tinham de votar.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 401 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal