Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/02/2010 - Último Segundo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Prestação de contas falsa rende acusações criminais a quatro deputados britânicos


Três deputados do Partido Trabalhista e um membro do Partido Conservador da Câmara dos Lordes (a Câmara alta do Parlamento) enfrentarão acusações criminais por falsas prestações de contas de seus gastos parlamentares, anunciou nesta sexta-feira o diretor Promotoria Pública do Reino Unido, Keir Starmer.

Elliot Morley, Jim Devine, David Chaytor e Lorde Hanningfield serão acusados de falsa prestação de contas sob a Lei do Roubo, de 1968. Se condenados, poderão ser senteciados à pena máxima de sete anos. Todos negam as acusações.

O anúncio foi feito um dia depois da publicação de um relatório indicando que quase metade dos parlamentares recebeu pedidos para devolver um total de mais de 1 milhão de libras para as autoridades da Câmara dos Comuns (a Câmara baixa britânica) porque alguns de seus pedidos de reembolso eram irregulares.

Os quatro são os únicos indiciados na Justiça pelo escândalo revelado em maio do ano passado. A revelação foi feita pelo jornal The Daily Telegraph, que obteve um disco de computador com detalhes completos de justificativas de gastos dos parlamentares, incluindo informações de que autoridades da Câmara dos Comuns queriam manter segredo sobre o assunto. A publicação do jornal desatou uma onda de revolta pública em relação aos abusos cometidos no sistema.

Eleições gerais

Com eleições gerais previstas para maio deste ano, nas quais há grande chance de os conservadores derrotarem os trabalhistas pela primeira vez em 13 anos, o primeiro-ministro Gordon Brown disse estar muito irritado "com os acontecimentos".

"Há alguns meses, tomamos várias medidas para retirar o direito dessas pessoas concorrerem pelo Partido Trabalhista. A suspeita sobre eles é muito séria. Todas as alegações criminais têm de ser investigadas. É uma questão agora para a Justiça", afirmou.

Acusações

Morley, que foi Secretário do Meio Ambiente entre 1997 e 2003, enfrentará duas acusações por ter requerido o reembolso de 30 mil libras referentes a juros da hipoteca de uma propriedade.

Chaytor é acusado de "requerer de forma desonesta" 20 mil libras que pagou em aluguéis de propriedades que pertenciam a ele e sua mãe.

Devine é acusado de ter requisitado indevidamente reembolso no valor de 8 mil libras por serviços de limpeza e por produtos de papelaria usando notas falsas.

Devine é acusados de "alegar de forma desonesta" ter direito ao reembolso por serviços de limpeza e por usar recibos falsos.

Os três deputados defendem que a questão deveria ser resolvida pelas instâncias que monitoram e zelam pelo comportamento ético no Parlamento, e não por cortes criminais.

Já o conservador Paul White é acusado de pedir reembolsos "de despesas que ele sabia que não tinha direito". "Todas contas que apresentei foram feitas de boa fé. Nunca pedi mais do que gastei ao cumprir com meus deveres", afirmou.

White foi suspenso pelo Partido Conservador. Morley e Chaytor já tinham sido suspensos do Partido Trabalhista em maio de 2009.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 241 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal