Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/02/2010 - Jornal da Cidade de Bauru Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende quadrilha acusada de dar golpes em agência da região

Por: Lilian Grasiela


Jaú- O olhar atento do vigilante de uma agência bancária da região central de Jaú (47 quilômetros de Bauru) fez com que a polícia desbaratasse uma quadrilha de estelionatários que vinha aplicando golpes em diversas cidades da região. O funcionário percebeu quando dois homens e uma mulher tentavam enganar um cliente de 83 anos de idade e acionou a polícia. Um quarto integrante do grupo foi preso momentos depois em frente ao plantão policial. Todos vão responder pelos crimes de estelionato tentado e formação de quadrilha.

Segundo o delegado plantonista Wanderley Benedito Vendramini, por volta das 10h30, Marcos dos Santos Cruz, 28 anos, e Fernanda Polonca de Souza, 30 anos, entraram em uma agência bancária no Centro de Jaú, posicionando-se próximos aos caixas eletrônicos. Na sequência, o terceiro acusado, Paulo Ricardo de Oliveira Silva, 28 anos, também entrou na agência. Um quarto integrante do grupo, Leonardo Alexsandro de Almeida, 33 anos, ficou do lado de fora aguardando os comparsas em um Ford Fiesta.

Nesse momento, um senhor de 83 anos de idade (o nome não foi divulgado) entrou na agência para retirar um extrato. Simulando ser funcionário do banco, Marcos orientou o cliente a utilizar os equipamentos dos fundos da agência alegando que os da frente não estavam funcionando e o acompanhou até um caixa ao lado de onde Fernanda estava fingindo ser uma cliente. Paulo Ricardo ficou dando cobertura aos comparsas.

Quando a vítima digitou a senha para retirar o extrato, Marcos entrou na sua frente e simulou fazer a operação, efetuando saque no valor de R$ 1 mil do cartão de crédito do cliente. Antes que o dinheiro saísse, o golpista disse que o equipamento também estava quebrado e pediu para que o senhor utilizasse outra máquina. Nesse momento, Fernanda pegou o dinheiro e colocou na bolsa.

Não satisfeito, Marcos tentou aplicar o golpe na vítima pela segunda vez. Quando ele tentou conduzir o senhor para outro caixa alegando problemas na máquina, o homem ouviu um barulho, aguardou, viu que saiu dinheiro e, rapidamente, colocou o valor em seu bolso. Nesse momento, viaturas da Polícia Militar (PM) chegaram ao local, acionadas por um vigilante que desconfiou da ação do grupo, e os três acusados foram presos.

Antes de ser levado ao plantão policial para prestar depoimento, o senhor retirou extrato de sua conta corrente e viu que havia sido sacado R$ 1 mil, valor que ele havia recuperado, motivo pelo qual ele acreditou não ter tido prejuízo algum.

Durante depoimento dos acusados à Polícia Civil, o vigilante da agência informou que um cliente que foi usar o caixa onde foi aplicado o primeiro golpe viu quando saiu um extrato de saque de cartão de crédito no valor de R$ 1 mil da conta da vítima. Segundo o delegado, como o senhor só consultou sua conta corrente, não percebeu que os estelionatários haviam retirado o dinheiro do seu cartão de crédito.

De posse das características do quarto envolvido, o delegado repassou as informações à PM, que deu início às buscas para tentar localizá-lo. Por volta das 16h, o Leonardo foi até a porta do plantão para tentar se comunicar com os comparsas, mas acabou sendo detido. O acusado também indicou onde estava o veículo utilizado pela quadrilha, que havia sido estacionado há três quadras do local. O carro acabou sendo apreendido.

Segundo Vendramini, dois acusados são da Capital e outros dois de Ferraz de Vasconcelos. A polícia já indiciou dois também por golpe anterior em inquérito que tramita pelo 1º Distrito Policial.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 344 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal