Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/02/2010 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário é suspeito de fraudar festival em Bertioga-SP

Por: Rejane Lima


SANTOS - A Polícia Civil está investigando se o empresário Matheus de Sousa Moreira aplicou um golpe em Bertioga, na Baixada Santista. Proprietário da empresa Boto TTRN, Moreira contratou pessoas, alugou imóveis e vendeu ingressos para o Arena Verão São Lourenço, um festival de música que ocorreria esta semana a 500 metros da Riveira. Entre as atrações anunciadas, haveria show de Claudia Leite, Belo e Jammil.

De acordo com o Delegado Assistente de Bertioga, José Aparecido Cárdia, o secretário de Turismo de Bertioga, Luiz Henrique Capellini, esteve na delegacia na semana passada para denunciar o casa. Segundo o Boletim de Ocorrência, Capellini verificou que estavam sendo vendidos ingressos para os eventos, mesmo sem a empresa ter conseguido alvará na prefeitura. Desde então, a polícia tem procurado o empresário, que sumiu da cidade.

"Em entrevista ao jornal Costa Norte (antes da denúncia) ele disse que já havia vendido 1.500 ingressos, mas por enquanto ninguém que tenha comprado nos procurou para denunciar", disse o delegado, afirmando que Moreira poderá responder pelos crimes de falsidade ideológica e estelionato.

Contratado pelo empresário para acertar com os artistas, o produtor musical Valdemir Soares de Freitas afirma que tomou um prejuízo de pelo menos R$ 140 mil, pois chegou a assinar contrato com a banda Jammil e não recebeu o dinheiro da apresentação. "Ele enrolou demais, dizia que estava depositando o dinheiro e nada. Se eu tivesse assinado com as outras bandas, com as quais cheguei a enviar contrato, teria tido um prejuízo de R$ 792 mil", disse o produtor.

Segundo ele, outros também tomaram calote. "Tem o pessoal dos ingressos, do abadá, da estrutura do palco, o aluguel de uma casa em Boraceia e do escritório que ele tinha na Avenida Paulista". Os ingressos para os shows custariam R$ 20 para mulher e R$ 30 para homem. Até o dia 28, o site www.arenaveraosaolourenco.com.br estava no ar, mas agora só é possível ser visualizado com recursos da internet.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 182 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal