Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/02/2010 - InfoMoney Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Novas cédulas de Real terão vida útil 30% maior que a das notas antigas


SÃO PAULO – As novas cédulas de real devem ter vida útil 30% superior às notas antigas. A estimativa é do Banco Central, que lançou a nova família de cédulas nesta quarta-feira (3).

Para fabricar um milheiro das novas cédulas, serão gastos aproximadamente R$ 200, valor pelo menos 25% maior que o necessário para a produção da mesma quantidade de cédulas do modelo antigo (cerca de R$ 168).

As novas notas, no entanto, devem eliminar os prejuízos que o País tem com a falsificação de cédulas, que somou R$ 23 milhões em 2009 e R$ 28 milhões em 2008.

“Há cerca de 143 notas falsificadas por milhão em circulação. Antes, eram 200 por milhão”, disse o diretor de Administração do BC, Anthero Meirelles. Entre os itens de segurança das novas cédulas, está o uso de tintas magnéticas oticamente variáveis, com elementos visíveis apenas sob lâmpadas especiais.

Tamanhos diferentes

Anthero disse ainda que a adaptação dos equipamentos bancários para a leitura das novas cédulas de real, com tamanho diferenciado de acordo com o valor, será rápida e não deve gerar problemas para as instituições. “Só será necessária a troca dos cassetes dos caixas eletrônicos para adaptá-los às novas dimensões”, declarou, segundo a Agência Brasil.

As notas de R$ 50 e R$ 100 começam a circular já no primeiro semestre de 2010, as de R$ 10 e R$ 20, em 2011 e, as de R$ 2 e R$ 5, em 2012.

No Brasil, circulam atualmente 4,2 bilhões de cédula, o correspondente a R$ 115 bilhões.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 222 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal