Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/01/2010 - Yahoo Notícias / Agência Globo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Traficante da Rocinha forja a própria morte


RIO - O chefe do tráfico na Rocinha, Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, de 34 anos, simulou a própria morte para tentar escapar do cerco da polícia. O golpe foi descoberto pela Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e revelado pelo "Fantástico", da TV Globo. O médico que atestou o óbito do criminoso, Dalton Jorge, está preso por falsidade ideológica e associação ao tráfico. Ele revelou ter recebido R$ 150 para assinar o atestado sem ver o corpo.

No documento, o médico indica que o traficante morreu na Rua Major Rubens Vaz 170, na Gávea, endereço da 15 DP (Gávea), justamente a delegacia responsável pelas investigações sobre a venda de drogas na Rocinha. O atestado tinha como causa da morte insuficiência renal e diabetes, o que evitaria que o corpo passasse pelo Instituto Médico-Legal (IML) para ser periciado.

De acordo com as investigações da DRFA, Nem pretendia ainda realizar um enterro rápido, sem velório, na última sexta-feira, às 16h15m, no Cemitério do Catumbi. O objetivo era se aposentar por causa de uma futura ocupação da Rocinha pela polícia.

- A intenção era fazer o que qualquer criminoso sonha: desaparecer e viajar. Cabe agora investigar, para saber se houve alguém morto para ser usado no sepultamento. Dar o endereço da delegacia como local de falecimento foi uma ironia com a polícia, mas vamos capturá-lo - afirmou o delegado titular da DRFA, Márcio Mendonça.

Se o golpe fosse concluído, o bandido já teria pronta uma nova identidade, com a data de nascimento alterada em um dia, de 25 para 24 de maio de 1976, e com o nome de Antonio Lopes. Segundo as investigações, a estratégia era divulgar a falsa morte apenas mais tarde, para não levantar suspeita.

No último dia 29, Nem foi denunciado pelo Ministério Público, junto com o vereador Luiz Cláudio de Oliveira, o Claudinho da Academia (PSDC), por ter coagido moradores nas eleições de 2008, em uma reunião na quadra de futebol no alto do morro. Claudinho foi eleito com 11.513 votos, sendo 73% deles na Rocinha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 186 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal