Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/01/2010 - ClickPB Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Policia prende em Mangabeira “falso policial” que aplicava golpe da rifa de motos


A Policia Civil da Paraíba prendeu no início da noite de hoje o estelionatário José Roberto de Lima que usava o nome de “Policia Pereira” e estava comercializando em João Pessoa uma rifa em nome de uma Associação da Policia Civil da Paraíba.

Segundo o delegado Edilson Carvalho, José Roberto portava uma carteira expedida pelo SSPC (Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba) e aplicava o golpe se fazendo passar por policial nas abordagens de comerciantes. O falso policial “Pereira”, intimidava na hora da venda e comercializava rifa de uma moto sem autorização da LOTEP para esse tipo de sorteio. O delegado informou que José Roberto será indiciado por estelionato, falsidade ideológica e falsificação de documentos.

O delegado Edilson Araújo de Carvalho revelou ainda que no momento em que foi preso José Roberto portava uma carteira do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba (SSPC-PB), assinada pelo presidente da entidade, Antônio Erivaldo de Souza.

“Começamos a investigá-lo depois que recebemos a queixa de um comerciante do bairro de Cruz das Armas, que se sentiu persuadido a contribuir e que tinha dúvidas acerca da legalidade da venda do título”, esclareceu a autoridade policial.

Ainda segundo agentes de investigação que efetuaram a prisão, José Roberto foi abordado no momento que em que tentava receber o dinheiro do bilhete vendido ao comerciante que o denunciou. Supostamente, o sorteio aconteceria no dia 29 de maio deste ano, de acordo com extração da loteria federal.

O presidenete do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado da Paraíba (ASPOL-PB) Flávio Moreira disse ao ClickPB que diversas pessoas já vinha alertando sobre esse golpe aplicado pelo falso policial, usando muitas vezes o nome da associação para intimidar na hora da venda. Moreira disse que ninguém está autorizado a vender ou comercializar qualquer produto em nome da associação, e caso alguém utilize esse expediente para aplicar golpe como este ou parecido, aconselha que a primeira coisa que deve ser feita é chamar a polícia. “Tomei conhecimento pelo gerente do meu banco que caiu neste golpe da rifa aplicada por este falso policial e na mesma hora informei que se tratava de um golpe” revelou Flávio Moreira.

O presidente da Aspol revelou que nas próximas horas a ASPOL distribuirá nota a população alertando e informando sobre este golpe desbaratado pelo delegado Edilson Carvalho da 9ª DD de Mangabeira.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 244 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal