Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/01/2010 - Jornal O Nortão Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Civil prende empresários acusados de estelionato em Cáceres


A Polícia Judiciária Civil de Cáceres e Tangará da Serra (225 Km a Oeste e 239 Km a Médio Norte), com o apoio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), deflagrou no último sábado (23.01), a operação "Rodeio", com a finalidade de cumprir três mandados de prisão preventiva contra suspeitos de estelionato que estavam atuando na região.

Valter Alves de Matos, Maikon Cristiano Alves de Matos e Renato Alves de Matos foram presos na cidade de Tangará da Serra, acusados de aplicar diversos golpes no município de Cáceres. Junto foi apreendido o equivalente a R$ 500 mil reais em mercadorias, além de cerca R$ 10 mil reais em dinheiro e quatro celulares. A maior parte das mercadorias estava escondida em um galpão, na cidade de Nova Olímpia.

Os mandados de prisão foram solicitados após investigações realizadas por policiais civis do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) de Cáceres e pela Gerência de Inteligência Policial (GIP) da Polícia Civil, que desvendaram o esquema montado pelos comerciantes. Os empresários, que abriram três mercados na cidade, fugiram após seis meses levando todas as mercadorias para Tangará da Serra.

Segundo o delegado de Cáceres, Gustavo Garcia, os comerciantes anunciaram recesso e no dia 31 de dezembro aproveitaram para fugir do local, levando toda a mercadoria em um caminhão bitrem. “Os empresários fizeram dívidas com fornecedores e financiamentos bancários e além das compras efetuadas que não foram pagas, os proprietários do mercado passaram a recusar o pagamento dos clientes com cheques pré-datados e cartões de crédito”.

O delegado disse ainda que o prejuízo estimado seja de aproximadamente R$ 700 mil reais. Os presos vão responder pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha. "Outras três pessoas indiciadas por envolvimento no crime estão sendo procudas pela polícia. As mercadorias apreendidas serão entregues à Justiça, que irá determinar o destino das mesmas”.

A denominação “Rodeio”, dada à operação, foi em decorrência ao nome de um dos mercados envolvidos no esquema.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 194 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal