Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/01/2010 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bingo clandestino fechado pela terceira vez no Papicu


Pela terceira vez em apenas quatro meses, a Polícia Civil, através da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), fecha o mesmo bingo que funcionava clandestinamente. Ontem à tarde, após receber uma informação anônima, a equipe daquela especializada, sob o comando do delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, se dirigiu ao local indicado, uma residência localizada na Avenida Engenheiro Santana Júnior, no Papicu.

Quando os inspetores chegaram ao local comprovaram a veracidade da denúncia. Dezesseis máquinas do tipo caça-níqueis estavam em funcionamento. Os equipamentos foram apreendidos e serão submetidos a perícia. Os responsáveis pela jogatina agora poderão ser processados por crime de estelionato, capitulado no artigo 171 do Código Penal Brasileiro, com pena que varia de um a cinco anos de prisão e multa.

A primeira apreensão no local ocorreu no dia 22 de setembro do ano passado, quando a Polícia recolheu 32 máquinas que eram usadas para explorar jogo de azar. O local foi fechado pelos inspetores e o suposto dono do bingo foi identificado.

Mas, na tarde de 12 de novembro, outra informação levou os policiais ao mesmo local e eles encontraram o bingo em plena atividade. Dessa vez, 19 máquinas caça-níqueis estavam sendo utilizadas pelos apostadores. As pessoas que se encontravam no local foram conduzidas até a DDF para prestar esclarecimentos acerca da atividade.

De novo

Ontem, a cena se repetiu e mais 16 máquinas foram confiscadas pelas autoridades policiais e levadas para o depósito da Polícia Civil. A perícia técnica nos componentes eletrônicos dos equipamentos podem revelar o crime, já que, normalmente, eles são adulterados para que o apostador nunca consiga ganhar.

No ano passado, mais de 500 máquinas caça-níqueis foram apreendidas em bingos que funcionavam clandestinamente em Fortaleza e na sua Região Metropolitana (RMF).

Segundo o delegado Jaime Linhares, os donos dos bingos estão sendo processados, mas ele lembra que as atividades desses estabelecimentos somente voltam a acontecer após as apreensões devido ao grande número de apostadores.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 207 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal