Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/01/2010 - Jornal de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Americano lucra 90 milhões em cinco anos

Condenado

Cumpre agora pesada pena um engenheiro informático da Florida, EUA, que geriu cinco sítios da Internet ao longo de outros tantos anos e a partir dos quais vendia medicamentos contrafeitos.

Tinha médicos ao seu serviço e as páginas com que fazia o seu negócio aparentavam a máxima seriedade. Este é um caso que exemplifica os montantes implicados num negócio fraudulento com dimensões globais: o burlão acumulou em poucos anos uma fortuna que se traduzia em 11 casas apalaçadas, vários carros de luxo e um avião, para além de dinheiro no valor de 90 milhões de euros.

O caso foi ontem descrito na sessão organizada pelo Infarmed e pelo Conselho da Europa sobre este problema de saúde pública e a necessidade de diversos tipos de autoridades (sobretudo as de saúde e policiais) cruzarem informações numa base de cooperação internacional.

Os participantes ingleses nestas sessões de formação trouxeram também a descrição de outro caso, esse no Reino Unido, que levou a uma condenação de 17 anos para o principal implicado (houve oito arguidos, incluindo um médico e um farmacêutico). Esteve em causa a falsificação de um conhecido fármaco para tratar problemas de disfunção eréctil. Aos autores da fraude foi confiscada a importância de mais de 1,7 milhões de euros.

A nível global, está calculado em 50 mil milhões de euros o lucro obtido por este tipo de contrafacção. Além das autoridades do medicamento e policiais que actuam no combate a este crime, as grandes farmacêuticas uniram-se para criar uma agência de investigação própria.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 361 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal