Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/01/2010 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso acusado de aplicar golpes em empresas


Apontado como principal responsável por um esquema de fraudes, André Gomes de Oliveira, 27 anos, conhecido por “Batata”, foi preso em sua casa no conjunto Cidade Nova, em Ananindeua, na madrugada de hoje. Ele foi conduzido à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), por policiais militares da ROTAM, sob acusação de praticar golpes com uso de documentos, recibos e carimbos falsificados. No imóvel, os policiais apreenderam ainda contracheques, um computador, duas impressoras, uma delas de alta definição, e duas perucas usadas como disfarce. Junto com André, a esposa dela, Lidiane Seabra, 25, e o irmão dela, Anderson Jesus Seabra, 18, também foram levados à Divisão. À tarde, os irmãos foram colocados em liberdade por determinação judicial. O caso é investigado pela delegada Beatriz Machado, diretora da Delegacia de Repressão de Crimes Tecnológicos (DRCT), unidade vinculada à DRCO.

Apelido de “golpe do Finam”, o esquema foi aplicado em revendedoras de carros, lojas e bancos no Pará. As prisões ocorreram depois que uma vítima denunciou os acusados à PM. Os proprietários de uma concessionária de carros também foram vítimas do golpe. Eles perderam um Honda Civic. A delegada explica que os acusados usaram documentos falsos que foram apresentados na loja. Os documentos em nome de uma pessoa que mora no Rio de Janeiro foram usados para financiar o carro. Ainda, conforme as apurações, André trabalhou em uma revendedora de carros, de onde foi demitido em julho do ano passado.

Por ter conhecimento da senha de acesso ao sistema de uma financeira, ele obteve dados cadastrais de clientes de todo o país. Com as informações, ele montava em casa documentos de identidade, com carimbos e assinaturas falsos. Depois, abria contas em bancos e obtinha talões de cheques, para fazer financiamentos para compra de veículos, apelidos de “veículos pipoca”. Além de fabricar carteiras de identidade, ele legalizava carteiras de trabalho, algumas delas autênticas que, provavelmente, foram furtadas ou perdidas pelos donos. Após adquirir os veículos, eles os revendia a outras pessoas. O valor era depositado nas contas abertas pelo golpista.

Para despistar as câmeras de vigilância, ele costumava usar perucas para não ser identificado, no momento dos saques. Além de comprar veículos, André chegou a sacar valores de empréstimos, tipo CVC, e fazer compras diversas, como de aparelhos eletrônicos. Pelas investigações, pessoas de todo Brasil foram vítimas do golpe. Ainda não é possível estimar valores arrecadados pelo bando. Interrogado, André confessou ter comprado até dois carros por mês usando o esquema fraudulento. “Financiei dois carros. Motos, geralmente, chegava a adquirir até duas por mês. Depois, vendia duas motos por mil, mil e duzentos reais”, explicou. Ele permanecerá preso à disposição da Justiça. Ele responderá pelos crimes de estelionato, uso de documento falso e falsidade ideológica.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 308 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal