Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/01/2010 - MacWorld Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Como se proteger de golpes online

Milhões de e-mails com iscas são enviados todos os dias. Saiba como se proteger na primeira parte de nosso especial sobre segurança.

Nos debates intermináveis sobre a vulnerabilidade da plataforma Mac, encontramos perguntas do tipo: o Mac é mais seguro que o Windows? Que medidas de segurança devem ser tomadas pelos usuários de Mac? Um ponto muitas vezes esquecido: a maior brecha de segurança não depende do sistema, mas sim do próprio usuário, ou seja, nós.

A partir de hoje, Macworld começa um especial sobre segurança virtual que envolve proprietários de Macs e iPhones. Algumas dicas são básicas (mas muita vezes esquecidas pelos usuários) e outras são um pouco mais sofisticadas. Conheça os conselhos para não cair no golpes e como se precaver.

Scammers

Para os hackers, a ferramenta de e-mail é uma forma simples e barata de disseminar ameaças virtuais. Eles enviam milhões de e-mails sem nenhum custo e esperam que no mínimo uma pessoa caia no golpe. Por causa da facilidade de forjar uma identidade na Internet, brechas nas leis em vários países relacionadas aos crimes eletrônicos e do alcance global da rede mundial de computadores, os criminos fazem o serviço e muitas vezes ficam impunes.

Phishing. Trata-se da tentativa de coletar dados sigilosos como senhas e números de cartões de crédito com o uso de e-mails que simulam ser legítimos. Em geral, o remetente finge ser uma pessoa confiável ou alguma empresa enviando um comunicado oficial. Antigamente, eles atingiam apenas usuários de Windows. Mas com o crescimento de usuários de Mac, deixaram de ser um "privilégio" do sistema da Microsoft.

O scammer, como é chamado o indivíduo que pratica esse ato ilegal, além de alterar o cabeçalho do e-mail para não revelar seu endereço eletrônico, redireciona o usuário para links ocultos. Por exemplo, o site ( www.macworldbrasil.com.br ) pode ser redirecionado em uma mensagem para outro link quando é adicionado um simples código ( www.macworldbrasil.com.br.ad#$Fadfg%$.iamevilandwillstealyourstuff.com, por exemplo). Vai parecer um site confiável, mas não é.

O que pode ser feito

A primeira medida preventiva que deve ser tomada é o uso de um bom filtro de spam. Praticamente todos os principais serviços de e-mail têm filtros próprios que impedem esses e-mails de chegar na caixa de entrada. Vários gerenciadores de e-mail, incluindo o Mail, da Apple, também trazem ferramentas de filtragem. Se mesmo assim você sentir que está desprotegido, vale comprar um software confiável e especializado na filtragem de spams.

A segunda proteção cabe a você mesmo. Não clique no link de um e-mail não esperado. Principalmente para e-mails que se parecem com o do seu banco. Também nunca responda mensagens com seus dados pessoais ou use o serviço de pagamento Paypal ou cartão de crédito para varejistas online sem boa reputação ou desconhecidos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 202 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal