Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/01/2010 - G1 / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Diretor paraguaio de Itaipu é acusado de fraude


Assunção, 7 jan (EFE).- O diretor da hidroelétrica de Itaipu no Paraguai, Carlos Mateo Balmelli, foi acusado hoje de ter cometido fraude de US$ 125 milhões e do crime de lesão de confiança na entrega da ajuda social concedida pela usina binacional.

A acusação foi feita pelo advogado Adelio Aquino, assessor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Itaipu Binacional (Steibi), cujo secretário-geral, Francisco Mercado, esclareceu à Agência Efe que Aquino o fez "em caráter pessoal e não gremial".

O advogado disse aos jornalistas que apresentou à Justiça provas sobre supostas irregularidades cometidas por Balmelli após a assinatura de 31 convênios, principalmente com municípios, durante 2009.

Segundo Aquino, o diretor paraguaio cometeu fraude e lesão de confiança ao referendar convênios dentro dos chamados "fundos sociais" de Itaipu, que incluíam assistência de saúde e de educação, sem que os ministérios de Saúde e de Educação do Paraguai tenham sido vinculados aos acordos.

Balmelli rejeitou a denúncia e declarou à Agência Efe que os montantes entregues em 2009 somam US$ 66 milhões e foram outorgados por meio de projetos que são executados pelos beneficiados pela ajuda.

De acordo com o diretor paraguaio de Itaipu, o dinheiro entregue aos municípios, que contam com autonomia econômica, são controlados pela legislação paraguaia e a ajuda aos Governos regionais é previamente aprovada pelo Congresso e por outros organismos estatais.

Balmelli foi senador pelo Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), principal legenda dentro da coalizão que elegeu o atual presidente do Paraguai, Fernando Lugo, que assumiu o cargo em agosto de 2008.

Atualmente, o Congresso brasileiro analisa um acordo entre os Governos brasileiro e paraguaio por meio do qual o Paraguai poderia receber US$ 360 milhões anuais pela cessão do excedente de sua parte da energia gerada por Itaipu, o triplo do que ganha atualmente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 247 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal