Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/03/2007 - Bom Dia Sorocaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cinco são presos em golpe para liberação de veículos

Por: Mayco Geretti


Entre a noite de quarta-feira e a tarde de ontem cinco pessoas foram presas em Sorocaba por ligação com um golpe que usava autorizações falsificadas da Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) para liberar veículos apreendidos em guinchos. A polícia já identificou pelo menos 50 pessoas que desde dezembro recorreram ao grupo para recuperarem seus veículos.

As autoridades já sabiam que o golpe era aplicado. Na semana passada o delegado titular da Ciretran, José Ordele Alves de Lima Jr., passou um comunicado aos dois guinchos credenciados à polícia explicando que uma quadrilha estava usando documentos falsificados para retirar veículos que haviam sido apreendidos por falta de licenciamento.

No final da tarde de quarta-feira, uma funcionária do Guincho Fast Help avisou a polícia que Leandro Ferreira Silva estava com uma solicitação de liberação falsificada. Preso em flagrante, Silva alegou ter comprado o documento por R$ 350,00 e levou os policiais aos organizadores do esquema.

Assinatura e carimbos

O mentor do golpe seria Marco Antônio de Paula. Em sua casa foram apreendidos 16 carimbos iguais aos usados pela Ciretran e documentos com assinaturas falsificadas do delegado José Ordele. Ele confessou que cobrava R$ 180,00 pelo documento. O restante do valor ficava para Eustáquio Pimentel e Natalino Moraes, que ofereciam o esquema a donos de carros retidos. Na tarde de ontem, outra pessoa foi presa ao tentar liberar seu carro em um guincho.

“Pelo menos 50 carros foram liberados desde dezembro. Alguns têm R$ 5 mil de impostos atrasados e foram liberados pelos R$ 350,00 cobrados pelos golpistas. Pediremos mandados de busca para localizarmos os veículos e seus donos, que usaram do golpe para recuperá-los, serão indiciados por estelionato”, explica o delegado Alexandre Banieti, da Delegacia de Investigações Gerais.

Polícia detém quadrilha de mulheres que aplicavam golpe com documentos falsos

Cinco mulheres foram abordadas e detidas ontem à tarde pela Polícia Militar de Sorocaba, acusadas de aplicarem golpes em vários estabelecimentos comerciais na cidade.

Três das mulheres já teriam confessado o crime e foram levadas à Delegacia Seccional de Sorocaba: Elza Mendes da Silva, de 37 anos; Ana Mendes Medeiros, de 34 anos; e Márcia Mendes da Silva, de 29 anos. Segundo a Polícia Militar, Márcia já estava sendo procurada há algum tempo.

A PM desconfiou das acusadas devido a uma denúncia de que mulheres em um Gol dourado haviam tentado comprar duas motocicletas, na sexta-feira passada, em uma concessionária de Sorocaba.

Ontem à tarde, o mesmo veículo foi visto pela PM trafegando pela avenida Antônio Carlos Cômitre, no Campolim. Depois da confirmação das placas, os policiais abordaram as cinco mulheres e acabaram encontrando uma variedade grande de produtos que teriam sido comprados com vários cartões clonados e documentos falsificados.

No material apreendido pela PM, havia perfumes, roupas, CDs, celulares e outros produtos que provavelmente haviam sido comprados em lojas e magazines de um shopping de Sorocaba.

Até o fim da tarde de ontem, nenhuma informação foi divulgada pela polícia de Sorocaba, por que as vítimas estavam sendo esperadas para o reconhecimento e havia a suspeita de que mais pessoas poderiam estar envolvidas nos supostos casos de estelionato.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 561 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal