Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/01/2010 - Portal UAI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Detran terá que substituir placa clonada sem custo para motorista


A partir de agora, o Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) deve substituir placas clonadas sem ônus para o proprietário do veículo e ainda proceder ao cancelamento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) das pessoas falecidas. Duas leis nesse sentido foram sancionadas na íntegra pelo governador e publicadas no Diário Oficial de Minas Gerais nesta quarta-feira (6/1/10), já estando em vigor.

A Lei 18.703 (ex-PL 3.005/09, do deputado Fábio Avelar), torna obrigatório o envio, ao Detran-MG, da relação de registros de óbitos para fins de cancelamento da Carteira Nacional de Habilitação das pessoas falecidas. Para que seja feito o cancelamento, a partir desta quarta-feira (6) os oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado passam a ter que encaminhar, mensalmente, ao Detran-MG, a relação dos registros de mortes ocorridos no período. O descumprimento da lei sujeita o infrator ao pagamento de multa no valor de R$ 1 mil. O objetivo é coibir no estado fraudes envolvendo transferências de multas para a CNH de pessoas falecidas.

Já a Lei 18.704 (ex-PL 2.032/08, do deputado Ruy Muniz), que trata da placa de veículo automotor que tiver sido clonada, garante ao proprietário do veículo o direito à substituição da placa gratuitamente, após a comprovação da clonagem, mediante processo administrativo. O novo emplacamento e a nova documentação do veículo serão providenciados sem custo para o proprietário.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 218 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal