Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/01/2010 - Gazeta do Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presa em Curitiba mulher acusada de tentar obter carteira de identidade com documentos falsos

Por: Adriano Ribeiro

Segundo a polícia, nos últimos 30 dias, ela usou duas certidões de nascimento falsas para conseguir duas identidades. Em duas semanas, este é o sétimo flagrante deste tipo atendido pelas autoridades.

Uma mulher de 45 anos foi presa na manhã desta quarta-feira (6) em Curitiba depois de tentar retirar uma carteira de identidade no Instituto de Identificação do Paraná (IIPR) com documentos falsificados. A polícia informou que, em 30 dias, ela entregou no local duas certidões de nascimento falsas para conseguir duas identidades diferentes.

Segundo o 1º Distrito Policial (DP), a suspeita iniciou os processos para conseguir as carteiras de identidade em novembro e em dezembro do ano passado. Policiais papiloscopistas do IIPR constataram a tentativa de fraude e, quando ela foi buscar um dos documentos nesta quarta-feira (6), por volta das 11h, acabou presa em flagrante.

Em uma das certidões de nascimento ela se identifica como Maria Elisete Soares, nascida em junho de 1961. No outro documento apresentado, o nome registrado é de Ana Rosa Oliveira com data de nascimento em setembro de 1941: a diferença é de 20 anos em relação à primeira certidão.

A polícia apurou que o verdadeiro nome da acusada é Odete Soares e que ela mora em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba (RMC). De acordo com o superintendente do 1º DP, Adolfo Rosevics, a mulher já possui um documento com um nome falso. “Com esta identidade irregular, ela está recebendo benefícios relativos à aposentadoria. Vamos comunicar isso para a Polícia Federal, pois se trata de um crime contra a União”, afirma. Rosevics ainda diz que, apenas nas duas últimas semanas, sete flagrantes deste tipo foram realizados pelas autoridades

Odete será encaminhada para o 9º DP, onde ficará à disposição da Justiça. Ela vai responder por falsificação de documento público, falsidade ideológica e estelionato.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 189 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal