Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/12/2009 - Público.pt - Última Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Tentativa de fraude bancária pela Net levou dezenas à PJ

Por: José Bento Amaro

Os piquetes da Polícia Judiciária (PJ) de todo o país receberam ontem durante toda a manhã dezenas de participações de pessoas a quem tinha chegado, informaticamente, uma notificação para prestarem declarações relativas a casos de pornografia com menores via Internet.

À semelhança de outros casos ocorridos nos dois últimos meses, também ontem a notificação era falsa e forjada no Brasil. O objectivo era induzir as pessoas a acederem ao ficheiro e a executar as ordens ali constantes, de modo a, posteriormente, virem a revelar os dados que dão acesso on-line às suas contas bancárias e, por fim, ficarem sem dinheiro.

Esta tentativa de fraude foi travada pela PJ ainda pela manhã mas, segundo disse ontem o responsável pela investigação dos crimes informáticos, Carlos Cabreiro, poderia assumir proporções graves, uma vez que o acesso à mensagem original (escrita num estilo português abrasileirado mas com o logótipo da PJ) ditaria depois o acesso dos criminosos a contas pessoais em, pelo menos, sete bancos nacionais.

Carlos Cabreiro, para além de aconselhar as pessoas que receberam a mensagem a nem sequer a abrir (a PJ não notifica ninguém informaticamente) estimou que este caso de phishing tenha sido responsável pelo envio, exclusivamente para Portugal, de um milhão de mensagens. Esse terá sido igualmente o número de envios de um outro caso, ocorrido no final de Outubro, quando, também proveniente do Brasil, os ladrões chegaram a criar falsas páginas de 12 bancos. "É um fenómeno em crescimento", disse o responsável da PJ, lembrando ainda que três dias após ter sido detectado o primeiro caso envolvendo o nome da Judiciária surgiu um outro envolvendo o da PSP.

"Há, só em Lisboa, mais de 500 inquéritos de pessoas que foram roubadas desta forma", explicou Carlos Cabreiro, salientando que ainda não é possível traçar um perfil rigoroso das pessoas que acabam por ser vítimas desta fraude. "São pessoas que têm algum domínio da informática, porque até acedem on-line às suas contas bancárias, mas que por qualquer motivo são enganadas mesmo quando o engodo é demasiado evidente", explicou.

O responsável da PJ adiantou depois que as redes organizadas que se dedicam a este tipo de criminalidade dificilmente são identificadas, uma vez que todo o processo das fraudes é camuflado.

"As pessoas fazem download e, sem o saberem, instalam nos seus computadores o vírus. Esse vírus, que não é vísivel, acaba, quando o utilizador pretende recorrer à banca on-line, por reproduzir uma folha que será, supostamente, de um banco. As pessoas dão os códigos e acabam por estar a fornecer os dados que lhes permitem mexer na conta e efectuar levantamentos que, até há pouco, iam até 999 euros", disse o investigador. O dinheiro é posteriormente depositado numa conta do mesmo banco da vítima e, depois, movimentado por uma "mula" (alguém que tem conta no mesmo banco e que se prontifica a levantar as importâncias desviadas a troco de uma pequena percentagem).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 225 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal