Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/12/2009 - Circuito Mato Grosso Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Já são 6 presos na operação "Chupa Cabra"


Seis pessoas foram presas na operação “Chupa Cabra”, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil, regionais de Rondonópolis, Alto Araguaia e Diamantino, nesta quinta (17), de combate a fraudes em combustíveis. Os alvos são donos de estabelecimentos às margens das BRs 100, 163 e 364, começando pela região de Alto Araguaia e Alto Taquari, até o Posto Gil, no município de Diamantino.

As investigações iniciaram com levantamentos da Regional de Rondonópolis junto com a Gerência de Inteligência Policial (GIP) e a operação realizada com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Com uso de fotos e filmagens, as investigações identificaram 10 locais que praticavam o crime, nos municípios de Alto Araguaia, Alto Taquari, Alto Garças, Pedra Preta, Jaciara, Juscimeira, Jangada, Rosário Oeste, Nobres e Diamantino.

Em Alto Garças foram presos Marco Antonio Ramos, 38, e Edson Gomes de Carvalho, o “Batatinha”, ambos donos de restaurantes e de borracharias, na BR 163. O primeiro é reincidente na venda de combustíveis sem autorização. Com ele, a polícia apreendeu uma motocicleta Bis roubada. Com o segundo, foi apreendido 500 litros de óleo diesel, 40 de óleo lubrificante, uma bomba de tirar óleo de caminhões e uma espingarda.

Em Alto Araguaia, Lauro de Castro Silveira, 41, foi autuado no Km 05, da BR 364 e apreendida 200 litros. Ele também usada sua borracharia para venda de combustíveis. Lá foram encontrados óleo diesel, bombas e um ‘chupa cabra’, instrumento usado para retirar combustíveis de tanques de caminhões.

No município de Pedra Preta, o comerciante José Antônio Bandeira França, 45, foi preso na Vila Garça Branca e apreendido 400 litros. Em Juscimeira, a polícia prendeu João Mariano de Oliveira, 50, o ‘Cabelo’. Em seu comércio de produtos agropecuários, foram encontrados 80 litros de combustível, vários galões vazios, cartuchos de armas calibre 22 e cartuchos deflagrados calibres 357 e 38.

Em Jangada mais de 530 litros foram apreendidos em duas borracharias, nas BR 163 e 364, uma de propriedade de Delson Bispo Gusmão, 46. Na outra o funcionário, Cláudio Benedito da Silva, 24, foi preso por estar comercializando óleo diesel. Na região do Vale do Araguaia foram encontradas duas espingardas, dois revólveres, e uma carabina, além vários CD’s piratas e uma grande quantidade de cigarros contrabandeados.

Os presos vão responder por crimes contra ordem tributária (4 a 5 anos de detenção), receptação, posse ilegal de arma de fogo e munições e crime ambiental.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 372 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal