Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/12/2009 - emsergipe.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia apreende 6 mil mídias falsificadas


Polícia apreende 6 mil mídias falsificadas entre DVDs e CDs SSP-SEA Polícia Civil, através do Departamento de Falsificação e Defraudações, com o apoio das coordenadorias do interior e da capital, além da superintendência, realizou durante toda manhã desta terça-feira, dia 15, uma operação de combate ao crime de pirataria. Cerca de 70 profissionais, entre delegados e agentes de polícia, visitaram oito estabelecimentos da Grande Aracaju e cumpriram mandados de busca e apreensão.

Os estabelecimentos funcionavam no Albano Franco, Eduardo Gomes, Pereira Lobo, Castelo Branco, Santo Antônio, Siqueira Campos, Santos Dumont e Porto Dantas. Só em um dos comércios, os policiais apreenderam 3 mil mídias falsificadas. Ao todo foram apreendidos 6 mil mídias e mais computadores e impressoras, utilizados no processo de falsificação. “Nossas equipes atuaram simultaneamente nos oito pontos e conseguimos apreender uma grande quantidade de produtos falsificados. Um perito nos acompanhou por conta da boa qualidade de falsificação dos produtos”, explicou a delegada Viviane Pessoa.

De acordo com a polícia, a operação foi motivada depois de denúncia formalizada pela Associação Brasileira Anti-Pirataria. “A ação de hoje visa a repressão com a conscientização de que a pirataria é crime e alimenta diversos outros tipos de crime a exemplo do tráfico de entorpecentes. A ação criminosa contribui, também, com o fechamento de pontos comerciais legais e conseqüentemente com a extinção de postos de trabalho por conta da competição desigual”, destacou Pessoa.

Ainda de acordo com a delegada, foi observado que em alguns estabelecimentos visitados os donos deixaram de trabalhar na legalidade para atuar comercializando produtos pirateados. “Nós vamos realizar outras operações de combate a comercialização de produtos pirateados, pois é preciso que a população saiba que esta prática alimenta outros crimes”, finalizou Viviane.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 194 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal