Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

14/12/2009 - Campo Grande News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista se passa por médico e dá prejuízo de R$ 800

Por: Nadyenka Castro


Um golpista se passou por médico e deu prejuízo de R$ 800 a uma drogaria de Campo Grande, nesta segunda-feira.

O homem ligou para a drogaria, se identificou como médico da Maternidade Cândido Mariano, a qual tem convênio com o comércio, e pediu dois medicamentos no total de R$ 25, para serem cobrados e entregues no hospital.

Vinte minutos depois, o homem ligou novamente e pediu créditos para celular no valor total de R$ 200. O funcionário achou estranho e o homem disse que a Maternidade tinha convênio para inserção de R$ 2 mil.

De acordo com boletim de ocorrência, após inserir os créditos, o funcionário foi fazer a entrega. O golpista voltou a ligar e pediu mais R$ 700 em créditos para celular.

Quando era concluída a inserção da última recarga, o funcionário que foi fazer a entrega voltou e disse que ninguém havia pedido medicamentos nem créditos na Maternidade.

Segundo o registro policial, diante da situação, o homem foi questionado se ele era realmente o médico e este respondeu: “ih, você descobriu”, e desligou o telefone.

Outra vítima - Também nesta segunda-feira, só que em Tacuru, a 424 quilômetros de Campo Grande, a proprietária de uma papelaria caiu em um golpe semelhante.

Um homem ligou para o comércio e se passou por policial militar e pediu os créditos. O prejuízo à comerciante foi de R$ 700.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 229 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal