Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/03/2007 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpistas atacam também no interior


O golpe do falso prêmio milionário chega ao interior e apavora a população. Os usuários de telefones celulares da cidade de Água Boa (741 km a leste de Cuiabá) estão sendo vítimas sistematicamente de golpistas com falsos prêmios supostamente concedidos por empresas e redes de televisão, como o SBT. Nos últimos dias, dezenas de ocorrências foram registradas na Delegacia Municipal, com a esperança de que os acusados possam ser identificados e indiciados.

Ainda ontem, a Rádio Interativa-FM daquela cidade teve acesso ao número de um dos telefones e gravou o diálogo com um dos acusados, identificado como Carlos Eduardo Ferreira Aragão. O código é de Fortaleza (CE). O número do aparelho e o texto da conversa gravada foram entregues à Delegacia de Polícia Civil para abertura de inquérito policial.

Na conversa, o golpista se identifica como funcionário do SBT e dá as coordenadas para que a pessoa receba o prêmio, como a compra de cinco produtos Nestlé e quatro cartões de telefonia celular, pois somente com o cumprimento dessas exigências teria direito a um automóvel Gol zero-km, que seria entregue na casa do contemplado. Para dar credibilidade ao sorteio, o golpista informa que o diálogo está sendo gravado na presença de um delegado da Receita Federal.

Além do automóvel, o golpista enumera também uma série de prêmios a que o contemplado terá direito caso adquira os produtos e os cartões telefônicos, incluindo, até mesmo, doações ao programa Fome Zero do Governo Federal. De acordo com a Polícia Civil, usuários de telefonia celular em Água Boa vêm sendo vítimas desse tipo de golpe desde o ano passado.

Em investigações realizadas há três anos, a Gerência de Repressão a Seqüestro e Investigações Especiais (Gresie) descobriu que os cartões são para alimentar celulares de integrantes de organizações criminosas em diversos presídios. A maior parte dos telefonemas é originada de presídios cariocas.

Segundo as vítimas de Água Boa, os golpes são aplicados sempre com uma motivação irrecusável - supostos prêmios como automóveis, celulares e somas em dinheiro, deixando as pessoas entusiasmadas com a promoção. Os estelionatários ligam para a vítima e informam que a pessoa (usuária) foi sorteada para o recebimento de um prêmio extra da multinacional de alimentos e outras empresas, como o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). Antes, porém, exigem a compra de produtos e cartões telefônicos para ter direito à premiação.

CAPITAL - O falso seqüestro ainda faz vítimas em Cuiabá e agora, os criminosos estão usando até telefone fixo para ligar para as vítimas. Anteontem, uma moradora da Cohab Nova, em Cuiabá, recebeu uma ligação a cobrar em seu telefone fixo. Do outro lado da linha, uma voz parecida com a do seu filho dizia: “mãe, me pegaram”. A partir daí, a moradora ficou desesperada e pediu ao marido para negociar o resgate de R$ 15 mil.

No decorrer da negociação, os golpistas foram baixando o valor do resgate até chegar a R$ 500, dinheiro que deveria ser pago em cartões telefônicos de duas operadoras. Mesmo assim, o negociador não desconfiou de que se tratava de um golpe. Apavorado com a possibilidade do seqüestro, pensou em comprá-los.

“O tempo todo o bandido pedia para que o telefone não fosse desligado, e ameaçava matar meu filho. Então, meu companheiro desligou e deixou o telefone fora do gancho. Só tivemos certeza de que se tratava de um golpe após conseguir entrar em contato com meu filho e descobrir que ele estava bem”, relatou a vítima.

Para policiais do Complexo do Verdão, ligar para telefone fixo é uma forma da vítima não identificar o número da chamada, mas com a chegada da conta, será possível saber de onde os criminosos ligaram. “De qualquer forma, não deve ser um número regular”, observou um policial. (Colaborou Roberto Inácio/ Rádio Interativa FM).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 433 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal