Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/12/2009 - O Diário de Mogi Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário descobre estar morto

Por: Laércio Ribeiro


O empresário Marcos Luis Ferreira, de 35 anos, que reside em Mogi-Guaçu, no Interior de São Paulo, se viu ontem em Mogi das Cruzes numa situação, que nem ele (e ninguém) imaginou que pudesse passar na vida. Ele compareceu no Cartório de Registro Civil e obteve uma certidão de óbito, na qual havia a sua identidade e demais dados, constando que faleceu na Cidade em 21 de junho último.

No Distrito Central, o delegado Carlos Alberto de Campos registrou a ocorrência como falsificação de documento publico. O caso será encaminhado ao Setor de Investigações.

Marcos Ferreira, agora, tem que resolver a sua situação. Na Delegacia, ele contou no último dia 7, até mesmo em razão de sua atividade profissional, procurou o Despachante São Paulo, na Vila São Carlos, em Mogi-Guaçu.

Ele explicou aos policiais que "fiquei sabendo através de consultas feitas com o meu CPF e RG, que o meu nome consta no Serasa e no SPC".

Diante disso, resolveu ontem vir a Mogi e descobriu que o homem, que se passava por ele, foi sepultado no Cemitério da Saudade, na Vila Lavínia.

Espantado, o empresário Marcos Ferreira apurou que a causa da morte do homem, que intitulou ser ele, foi motivada por "insuficiência respiratória aguda, broncopneumonia e síndrome da imunodeficiência adquirida".

No meio policial o fato foi considerado inédito e será investigado. A irmã de Ferreira, Regiane disse que "o meu irmão soube do problema depois de comprar um carro zero. O despachante consultou o CPF e então verificou, estranhamente, que o Marcos estava morto. Ele está muito nervoso com isso, pois não pode emplacar o carro e nem sair pela Cidade".

O empresário garantiu ao delegado Carlos de Campos, que jamais perdeu ou teve furtado os seus documentos. A forma como foram clonados ainda está cercada de mistério.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 308 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal