Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/12/2009 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos suspeitos de dar golpes em operadoras de cartão de crédito

Eles causaram prejuízos de mais de R$ 400 mil.

Policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam, quarta-feira (9) em Curitiba, dois suspeitos de causar prejuízo de mais de R$ 400 mil a duas operadoras de cartão de crédito. Os acusados recebiam, via correio, cartões em nome de empresários paranaenses, paulistas e cariocas e de pessoas famosas, como Carlos Alberto Parreira e José Luiz Datena.

De acordo com a polícia, os detidos tinham dados das vítimas e conseguiam obter os cartões ao solicitar alteração de cadastro nas operadoras. Com eles, foram apreendidos dois cartões de crédito, um deles em nome de Carlos Alberto Parreira. A denúncia partiu das operadoras de cartão de crédito.

Claudemir José da Silva, 24 anos, e Delmar Dair de Lima, 27, foram autuados em flagrante por estelionato, quando recebiam um dos cartões pelo correio. Eles foram detidos no bairro Santa Quitéria, na residência onde moram, depois de um mês de investigações. De acordo com a polícia, eles realizaram mais de 50 cartões (em nome de 40 pessoas) que levaram a um prejuízo de mais R$ 416 mil para as operadoras, em apenas dois meses.

O delegado Francisco Caricati, que comandou as investigações, disse que apenas em nome de uma pessoa foram gastos cerca de R$ 20 mil. Ainda de acordo com a polícia a dupla telefonava para as operadoras, informando mudança de endereço. “Ao solicitar envio de novo cartão, a central das operadoras pedia dados cadastrais dos clientes. Eles tinham essas informações e aplicavam o golpe”, explicou. A polícia investiga como eles conseguiam os dados dos clientes reais.

Os cartões eram entregues em diversos endereços de Curitiba, Campina Grande do Sul, Guaratuba, São José dos Pinhais e Colombo, no Paraná, e em Santa Catarina. “Não há como precisar por quanto tempo a quadrilha agia, mas as investigações apontam que há mais envolvidos no crime”, relatou. Os acusados irão responder por estelionato e formação de quadrilha. Eles serão encaminhados ao Centro de Triagem II, onde ficarão à disposição da Justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 359 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal