Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/12/2009 - Jornal Cruzeiro do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia alerta para golpe do acidente que engana idosos

Por: Fernando Guimarães


Um golpe que tem se tornado comum e já foi registrado em Sorocaba começou a ser aplicado em Votorantim, segundo alerta o delegado titular da Delegacia Central daquele município, Carlos Augusto Marinho Martins. Três ocorrências foram registradas na cidade nos dias 24 de novembro, 1.º e 4 de dezembro, vitimando pessoas da terceira idade.

O golpista telefona para a vítima e passa-se por um parente, geralmente um sobrinho, diz que sofreu um acidente e que precisa de dinheiro para pagar o conserto do outro veículo ou para retirar o próprio carro da delegacia e evitar um guinchamento. Com o número de uma conta passada para a vítima, o golpista recebe o dinheiro e desaparece do mapa. Posteriormente, em contato com o sobrinho de fato, a pessoa descobre o estelionato.

Nem todo mundo vem à delegacia registrar esse tipo de ocorrência porque tem vergonha, afirma a autoridade. Carlos Marinho orienta a pessoa a desligar o telefone e verificar, por si mesma, se o suposto parente está em dificuldade de verdade. Muitas vezes, o parente está trabalhando ou em casa assistindo à tevê e não sofreu nenhum acidente. Nos três casos recentes de Votorantim, as vítimas têm 71, 67 e 62 anos de idade e, respectivamente, sofreram um prejuízo de R$ 2 mil, R$ 800 e R$ 500. Estas três últimas ações aconteceram nos bairros Jardim Araújo, Jardim das Colinas e Vossoroca.

Os nomes e telefones, sejam fixos ou celulares, são obtidos, segundo ele, possivelmente por alguém que conhece a vítima e seus parentes, portanto, cabe outro alerta do delegado: Cuidado com as informações que você passa para pessoas que não são do seu convívio familiar. Aquelas redes de relacionamento pela internet são outra fonte rica de informações sobre prováveis vítimas.

Então, a orientação mais prática, conforme lembra o delegado Carlos Marinho, é a pessoa anotar o número da conta corrente, desligar o telefone, não depositar valor algum, verificar se o parente realmente precisa de ajuda e, em seguida, registrar o boletim de ocorrência na delegacia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 246 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal