Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/12/2009 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso bando que vendia carros clonados em site

Por: Carlos Wagner

Grupo roubava automóveis na Grande Porto Alegre e os oferecia pela internet para todo o país.

Canoas, anoitecer de 31 de agosto, uma segunda-feira. A técnica em enfermagem Carmen Vera Jorge está com as mãos erguidas com um cano de um revólver encostado na cabeça implorando para o assaltante que a deixe retirar do banco traseiro do seu carro, um Crossfox, a sua filha de 13 anos.

Oassaltante armado está acompanhado de outros dois. Um deles revista os pertences da vítima, e outro está na direção do veículo que bloqueara a saída do Crossfox. Ela foi surpreendida quando chegava à casa de uma amiga, minutos depois de deixar no trabalho o seu companheiro, o policial militar Luis Fabiano Machado.

Carmen foi vítima de uma quadrilha que acabou presa ontem pelos agentes da Delegacia de Repressão ao Roubo de Veículos (DRV) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). O bando roubava os veículos, clonava-os e os vendiam pela internet para todo o Brasil. Foram presos temporariamente Jefferson Luiz Vieira, o Gordo, 28 anos, Arturo Chagas Sebaje, 27 anos, e os irmãos Marcos Rogério Broqua Holtz, 21 anos, e Magno Alexandre, 23 anos.

O carro de Carmen e outros 10 automóveis roubados foram recuperados e ontem estavam sendo periciados no pátio do Deic. Acompanhada do marido, Carmen definiu o assalto:

– Foi o fim de um pesadelo.

O carro dela havia sido vendido para um morador de Campos dos Goitacazes (RJ), explicou o delegado Heliomar Atahydes Franco, da DRV. O delegado disse que a investigação começou em março, quando houve um acidente de um Mégane clonado em Canoas. O motorista fugiu e deixou cair um telefone celular.

O nome de Vieira na agenda chamou a atenção da polícia. Ele já havia sido investigado em outra operação, em outubro, quando a polícia desmontou um grupo que oferecia carros clonados nos classificados.

O sistema usado pelos quadrilheiros presos ontem era simples, explica o delegado. Vieira mandava um lote de números de placas para uma funcionária (que está sendo investigada) de um Centro de Registros de Veículos Automotores (CRVAs). A tarefa dela era verificar qual das placas pertencia a veículos com financiamento.

Um grupo de homens armados, ligados aos clonadores, se encarregava de roubar um carro com as mesmas características do automóvel financiado. O carro roubado era clonado – trocavam o número do chassis e faziam documentos e placas falsos, iguais aos do financiado. O passo seguinte era anunciar o clonado em um site.

– Eles colocavam a foto do veículo como se ele estivesse exposto em uma revenda. Para isso, reproduziam ao lado da fotografia do carro a da casa comercial – comentou o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1060 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal