Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

07/12/2009 - TV Canal 13 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Sem-teto golpista tem vida de rei em hotel de luxo


Um sem-teto tunisiano viveu dias de marajá em Paris, após passar um golpe em hotéis de luxo da capital francesa. Jamal B., 46 anos, dizia ser assistente de príncipes e xeques árabes.
O malandro ligava para o hotel e falava que um riquíssimo xeque de Dubai ou um multibilionário príncipe saudita se hospedaria no local com suas duas filhas dali alguns dias. No entanto, antes ele teria de ficar no local para ver se o hotel era luxuoso suficiente para receber o hóspede endinheirado.

Só faltava um tapete vermelho para receber Jamal. Com um francês formal e seguindo as mais rígidas regras de etiqueta, o golpista dormia nas suítes mais caras, comia como um membro da nobreza e até mesmo experimentava champanhe. Além disso, contratava seguranças e chegou a pedir um jatinho particular.

Segundo um gerente de um hotel de Paris, Jamal passava credibilidade e era amigável, apesar de também ser impaciente e autoritário.

- Ele se expressava muito bem, com formalidade e dentro do protocolo dos representantes de membros da nobreza árabe.

Depois de dar o golpe, Jamal fugia e voltava para as ruas, sua moradia usual. A polícia parisiense encontrou o golpista vivendo como um mendigo. O tunisiano foi preso e vai responder o processo em uma nada luxuosa cadeia francesa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 210 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal