Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/12/2009 - Revista INCorporativa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Selo aumenta segurança em sites de micro e pequenas

Por: Letícia Casado

Objetivo é reduzir número de fraudes nas transações eletrônicas e conquistar compradores pela web.

Em fevereiro de 2010 entrará em funcionamento um “selo de segurança” para micro, pequenas e médias empresas que comercializam pela internet. O Selo Internet Segura é resultado de uma parceria da ACSP (Associação Comercial de São Paulo) com a camara.e-net, (entidade que representa mais de 80% do varejo online brasileiro).

O objetivo é ganhar a confiança dos consumidores nas transações online para que passem a comprar por este canal, explicou ao R7 o diretor-executivo da camara e-net, Gerson Rolim.

O sistema vai garantir a segurança do serviço central de dados da ACSP, assessorado pela camara e-net. As operações contarão com um sistema de auditoria em tempo real.

Para conseguir o Selo, as empresas têm que passar por uma avaliação. Se conquistado, os varejistas terão assessoramento para os padrões mínimos de segurança técnica, operacional e jurídica.

Rolim explica que o selo vai permitir “emprestar imagem de credibilidade da camara e-net e da ACSP” para PMEs desconhecidas do internauta, já que a maneira mais atraente de comprar pela web é através de sites conhecidos.

- O micro e o pequeno empresários têm que estar em um provedor forte. Assim que, se não estiverem, emprestaremos a credibilidade do camara e-net.

Tudo isso serve para reduzir o número de fraudes nas transações eletrônicas e ganhar a confiança do consumidor. Quando tranquilo em relação à segurança da empresa, o internauta compra de marcas pequenas. O resultado é a redução na concentração de vendas online pelos grandes varejistas.

- O e-consumidor vai ter certeza de ter um cadeado no browse [que oferece confiabilidade na transação de dados na hora da compra].

Outra vantagem, explica o diretor-executivo, é a disseminação da análise de crédito online, que vai permitir às empresas conhecerem o histórico do cliente.

As empresas que poderão participar são aquelas que fazem parte das associações comerciais associadas à camara-e.net. Os meios de pagamento continuarão sendo os mesmos que o varejo oferece hoje (Mastercard, Visa, Amex, UOL PagSeguro, Locaweb Pagamento Certo, Buscapé Pagamento Digital, Paypal, CobreBem e Braspag).

Mais de 10 PMEs estão na fila de análise para conquistar o Selo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 189 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal