Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/12/2009 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Natal faz crescer o número de golpes no comércio

Polícia alerta quem for fazer compras e diz que os casos mais freqüentes são de falsificação de documentos e clonagem de cartão de crédito.

Nesta época do ano, quem for fazer compras precisa ficar bem atento. De acordo com a polícia, neste período cresce o número de golpes no comércio. Os casos mais frequentes são de falsificação de documentos e clonagem de cartões de crédito. No Disque-Denúncia, as reclamações sobre estelionato não param de chegar.

Para comprovar a prática, há três meses, os telefones não param de tocar no Disque-denúncia. De setembro até o dia 15 do mês passado foram 856 ligações, das quais 339 trataram do mesmo problema: estelionato. No trimestre anterior foram 197 pela mesma razão, o que representa 142 casos a mais. “Nós associamos isto ao aumento do poder aquisitivo das pessoas nesta época do ano, não só em decorrência do recebimento do 13º salário, como também as contratações temporárias no comércio. Isto também tem uma ligação direta no aumento de denúncias acerca do assunto”, explica Carmela Galindo (foto 3), coordenadora do Disque-Denúncia.

O estudante Ticiano Gadelha (foto 4) foi uma das vítimas. Ele teve o cartão de crédito clonado. “Eu abasteci num posto, numa BR, e não me preocupei ao pagar com o cartão. No dia seguinte a administradora do cartão me ligou para perguntar se eu teria feito uma compra no Paraná. Eu disse que nem conhecia o Paraná. Foi quando ela me informou que o cartão tinha sido clonado e que eu não preocupasse porque ele já tinha sido cancelado.”

De acordo com a coordenadora do Disque-Denúncia, os casos mais comuns são falsificação de documentos, clonagem de cartões de crédito e de débito em conta. Entre as vítimas, os idosos são maioria o que não significa que os mais jovens não caiam em golpes. “Na situação de cartões de crédito ou débito não informar a senha, não passar número de CPF, de identidade e principalmente não oferecer nenhum tipo de informação a pessoas estranhas que possam usá-las de forma fradulenta.”

O número do Disque-Denúncia é o (81) 3421.9595.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 239 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal