Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/12/2009 - Convergência Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cibercriminosos buscam países com registro de sites barato


Camarões (.cm), na África, superou Hong Kong (.hk) como o domínio mais arriscado da Web, de acordo com o terceiro relatório anual da McAfee “Mapeando os perigos da Web – os domínios mais perigosos do mundo”.

No extremo oposto, o domínio do Japão (.jp) é considerado o mais seguro, ficando entre os cinco mais seguros pelo segundo ano consecutivo. O domínio da Web com maior volume de tráfego do mundo, “comercial” (.com), saltou do nono para o segundo mais perigoso, ao passo que “governo” (.gov) é o domínio não vinculado a países mais seguro.

"Este relatório destaca a velocidade com que os cibercriminosos mudam suas táticas para enganar o maior número de vítimas e evitar serem descobertos. No ano passado, Hong Kong foi o domínio mais arriscado e, neste ano, sua segurança melhorou muito", diz Mike Gallagher, diretor de tecnologia do McAfee Labs.

"Os alvos dos cibercriminosos são regiões onde o registro de sites é barato e prático e onde eles correm menos risco de serem descobertos", explica o executivo. Camarões, país africano que faz fronteira com a Nigéria, saltou para o primeiro lugar neste ano, com 36,7% dos domínios .cm representando riscos à segurança, mas nem sequer entrou na lista no ano passado.

Como o domínio .cm representa um erro de digitação comum de quem pretende acessar o domínio .com, muitos cibercriminosos criam sites falsos que se aproveitam desses erros e levam a downloads mal-intencionados (conhecidos como typo-squatting), de spyware, adware e outros programas indesejados.

Após medidas rigorosas dos gestores de domínios de .hk para impor restrições aos registros relacionados a golpes no ano passado, Hong Kong caiu 33 posições, do domínio mais arriscado em 2008 para o 34º mais arriscado em 2009. Agora, apenas 1,1% dos sites de .hk representam risco, enquanto que, no ano passado, a proporção era de um site .hk arriscado a cada cinco.

Entre os domínios de países, República Popular da China (.cn) e Samoa Ocidental (.ws) estão entre os cinco mais perigosos nos últimos dois anos. O Brasil ocupa a 70ª posição, com 1,8% de domínios que levam a downloads perigosos.

Outras conclusões do relatório “Mapeando os perigos da Web – os domínios mais perigosos do mundo” de 2009:

• Dos 27 milhões de sites e 104 domínios de nível superior avaliados pela McAfee para este relatório, 5,8% representam riscos à segurança – ou seja, são mais de 1,5 milhões de sites arriscados.
• Os sites registrados nos domínios da Web da Ásia-Pacífico são consideravelmente mais arriscados do que a Web em geral: 13% deles representam ameaça. Essa região contém tanto o segundo domínio mais arriscado (o da República Popular da China (.cn)), quanto o domínio mais seguro (Japão (.jp)).
• A Irlanda (.ie) é o domínio da Web mais seguro da Europa, com apenas 1% de sites arriscados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 191 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal