Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/12/2009 - 24 Horas News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Época festiva é prato-cheio para ladrões virtuais; veja como se defender


SAIBA COMO SE DEFENDER

Phishing

O golpe conhecido como phishing, no qual o ladrão virtual usa nomes e templates de uma empresa verdadeira para roubar dados confidenciais dos usuários, se intensifica no fim de ano por conta da generosidade das pessoas, que aproveitam o período de festas para fazerem doações. Assim, muitos usuários são enganados com e-mails falsos de organizações beneficentes legítimas.

Frete

Ao fazer compras pela internet, usuários estão sempre sujeitos a frete das empresas. Com isso, cyber-criminosos faturas falsas, que aparentemente vêm de serviços reais de entrega, e solicitam informações do cartão de crédito para futuro reembolso. Em alguns casos, links para faturas falsas também levam o usuário a sites maliciosos.

Dados bancários

É comum no fim de ano as pessoas ficarem mais atentas aos gastos com bancos e cartões de crédito. Por isso, e-mails falsos, com aparência de instituições financeiras oficiais, solicitando confirmações de dados, invadem as caixas dos usuários. Vale ressaltar que bancos não solicitam informações por e-mail e nem bloqueiam contas dos clientes.

Redes falsas

Com o aumento das compras online para o natal, muitos usuários realizam transações em redes desconhecidas, como Wi-Fi ou até mesmo em lan-houses. As compras em locais públicos podem ser espionadas por hackers, que roubam dados confidenciais enquanto o usuário finaliza o pedido de um presente, por exemplo.

Senhas

Ferramentas para descobrir senhas e programas chamados de keyloggers são comuns no fim de ano. Enquanto o usuário digita sua senha no teclado, um software captura as informações privadas.

Leilões

Uma das alternativas para compras de produtos usados ou com preços abaixo do mercado são os sites de leilão. Porém, os compradores precisam ficar atentos com a procedência do vendedor, já que correm o risco de fazer o pagamento e ficar sem o produto.

Resgate de arquivos

Alguns cyber-criminosos não se contentam em apenas roubar dados dos usuários. Uma vez em posse de informações confidenciais, o golpista exige um pagamento para tornar novamente acessível os arquivos que foram criptografados pelos hackers.

Desemprego

Todo início de ano muitas pessoas conseguem novos empregos e mudam de empresas. Oportunidades de trabalho em casa são as que mais enganam usuários, que fazem cadastro, realizam o pagamento da taxa de inscrição, mas nunca dão continuidade ao processo seletivo.

Cartões virtuais

Os cyber-criminosos aproveitam a época dos cartões virtuais natalinos e de reveillon para infectar os micros com worms. Arquivos de Power Point também são comuns no fim de ano e é preciso tomar cuidado com os anexos nos e-mails e spams.

Ofertas

O período de presentes também faz alguns usuários correrem atrás de ofertas. Mas atenção a sites que oferecem descontos de presentes de luxo. Os cyber-criminosos podem utilizar logotipos falsos para incentivar o usuário a clicar em links de sites com malwares.

Pesquisas na web

Wallpapers, ícones, toques para celular e temas natalinos costumam ser usados em dezembro. A pesquisa por estes itens pode levar o usuário a sites maliciosos, que oferecem downloads de programas que infectam as máquinas com spywares e programas mal-intencionados

Redes sociais

Fim de ano é sempre de festa e amizades. Os ladrões virtuais se aproveitam dos recursos e serviços de redes sociais como o Orkut e Facebook para roubar informações confidenciais pelo e-mail ou até mesmo em comunidades.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 172 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal