Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/02/2007 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia faz operação em empresas de telefonia


A polícia de Brasília realiza uma operação de busca e apreensão em todas as operadoras de telefonia móvel nesta quarta-feira (28). A ordem é procurar provas contra uma quadrilha que comprava celulares com documentos falsos. A estimativa é que mais de 100 pessoas tenham sido prejudicadas pelo golpe. Elas pagam por dívidas que não contraíram.

As investigações começaram em 2005, quando a Polícia Civil prendeu um grupo criminoso que usava CPFs de terceiros para comprar aparelhos celulares pelo sistema de televendas. Segundo a polícia, as companhias vinham se recusando a entregar os documentos que comprovariam a fraude.

Na manhã desta quarta-feira, 120 policiais fizeram buscas em todas as operadoras telefônicas de Brasília. Eles também foram a uma empresa de transporte que entregava os celulares já habilitados à quadrilha.

As companhias telefônicas foram procuradas, mas ainda não se manifestaram.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 364 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal