Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/11/2009 - Diário da Amazônia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário de Jaru é preso por fraude financeira na compra de carros


Um empresário de Jaru foi preso pela Polícia Federal suspeito de envolvimento em fraudes contra o sistema financeiro nacional. As investigações começaram há cerca de 20 dias culminando no sábado com a prisão do empresário conhecido na cidade como Alair, da Cerealista Jataí.

Com ele foram apreendidos C4 Citroën, placas ZXY-2274 de Manaus, e um Fiat Uno MQL-5027 de Jaguaré/ES, obtidos através de fraude financeira.

A Polícia Federal reforçou a "Operação Finan" no dia 23 último, quando policiais rodoviários federais após desconfiar que algo de estranho, ocorria com o motorista Ray Santos Arruda, 35 anos, natural de Minas Gerais e dizia ser residente na cidade de Ariquemes descobrindo que o veículo que Ray conduzia era clonado.

O verdadeiro carro foi roubado em Porto Alegre-RS em fevereiro de 2008. Ray Santos foi encaminhado para a sede da Polícia Federal sob a suspeita de fazer parte de uma quadrilha de ladrões e clonadores de veículos roubados.

Conforme esclareceu um dos integrantes da equipe da PRF, a apreensão do veículo modelo Civic, placas MFM 7928 da cidade de Blumenau (SC), ocorreu às 10h do dia 23, em uma blitz de rotina. Ao ser parado, como é normal acontecer, foi solicitado à documentação pessoal e do carro.

Durante a revista foi observado que alguns números do citado carro haviam sido modificados, caracterizando assim forte indicio de clonagem, confirmada depois.

O delegado da Polícia Federal Dr. Luciano Paturi, informou que a prisão de Alair, da Cerealista Jataí, que foi recolhido ao sistema presidiário da cidade, é o fio da meada, para se chegar a outros envolvidos.

Durante as investigações dos agentes federais, os indícios de envolvimento do acusado estavam evidenciados, como de outras pessoas que estão sob investigação.

Esquema

O esquema para fraudar o sistema financeiro consistia em adquirir veículos novos e últimos modelos, de forma fraudulenta, forjando documentação de pessoas incautas, que entregavam seus documentos para as montagens com dados falsos de situação econômica e financeira nos pedidos de financiamentos, recebendo em troca alguns trocados. Estas pessoas ingênuas a partir deste instante se passavam a ser “laranjas” no crime de fraude.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 222 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal