Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/11/2009 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Delegado faz alerta sobre a ação dos estelionatários


"De posse dos seus dados pessoais, o céu é o limite para os estelionatários". O alerta foi dado pelo delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), acerca de recentes golpes no comércio da Capital, onde estelionatários compram de tudo com documentos falsos, usando o nome de pessoas que perderam ou tiveram seus dados ´roubados´.

Segundo o delegado, com informações como número do Registro Geral e do Cadastro de Pessoa Física, os golpistas ´fabricam´ RGs e CPFs com as fotos e dados de quem eles quiserem e vendem, até mesmo em feiras livres, para qualquer um.

Flagrante

Um dos casos investigados recentemente pelos inspetores da DDF, resultou na prisão de uma mulher, acusada de efetuar várias compras no comércio da Capital, utilizando documentos falsos. Rosiane Moreira Dias, 42, foi presa quando tentava adquirir cosméticos com uma identidade "fria". Ela estava com duas carteiras de identidade com nomes de outras pessoas e a sua foto.

Conforme o delegado Jaime Linhares, em uma semana , a mulher efetuou uma compra no valor de R$ 1.600,00. Na semana seguinte foi até uma filial da mesma rede de lojas e tentou efetuar novas compras, mas a Polícia já tinha a informação de que se tratava de uma golpista e efetuou a prisão em flagrante.

"Ela caiu (foi presa) porque na primeira compra, o valor informado no cheque estava errado. Quando a loja tentou falar com a verdadeira dona do cheque, descobriu que se tratava de uma fraude e avisou a delegacia", explicou.

Rosiane já responde pelo crime de estelionato e foi autuada em flagrante por tentativa de estelionato, falsificação de documento público, falsidade ideológica e uso de identidade falsa. Em depoimento, a acusada revelou que comprou o ´kit´ com duas identidades falsas e folhas de cheques de vários bancos por "apenas" R$ 300,00, na Feira da Parangaba.

Sobre esse ponto, Jaime orienta a população sobre o cuidado para que não ter seus dados ´roubados´ por golpistas. "É preciso ter a máxima atenção na hora de preencher formulários de qualquer espécie, quando for tirar fotocópia de documentos e até mesmo ao confirmar seus dados por telefone, pois pode ser um estelionatário querendo obter seus dados pessoais para usar na aplicação de golpes".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 214 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal