Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/11/2009 - 24 Horas News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher presa em hospital desvendar quadrilha de falsários

Por: João Arruda


Policiais da Força Tatica de Cáceres efetuaram a prisão em flagrante da falsária Geni Leobaldina dos Santos, 32, sob a acusação de produzir documentos falsos em favor do servidor do Hospital Regional de Cáceres Cleiber Silva Alves, apontado pela Policia Federal como “mentor espiritual” da quadrilha desbaratada em junho deste ano na rumorosa “Operação Volver”. A prisão se deu dentro do setor de recursos humanos do hospital, quando funcionários denunciaram Geni Santos. Ela tentava entregar laudos e atestado falsificado em nome do médico Diogo Vianna de Arruda.

Cleiber Alves, até antes de ser preso pela Policia Federal, exercia a função de chef de cozinha do hospital, onde ele é servidor concursado. Sem perspectivas de liberdade e tendo vários recursos negados pela Justiça Federal, Cleiber teria estourado seu período de seguidas licenças, com isso recrutou a falsaria Geni Santos, que reside no Bairro Marajoara numero 100. Ela se incumbiu de conseguir formulários através de uma outra servidora do Pronto Socorro, e de posse desse papel timbrado, confeccionou um carimbo com dados do medico Diogo Vianna.

Desconfiados da autenticidade dos laudos e atestados apresentados por Geni, os servidores acionaram a Policia Militar que acabou procedendo revistas na bolsa da acusada localizando até mesmo o carimbo do medico. Na residência de Geni foram encontrados formulários para elaboração de documentos fraudados.

O medico Vianna confirmou que a assinatura não era sua, porém os dados foram copiados de algum outro documento, uma vez que ele atende na rede saúde publica em Cáceres.

A Força Tática fez constar no Boletim de Ocorrência os nomes dos servidores que denunciaram a tentativa de fraude em favor de Cleiber Alves, porém os nomes serão preservados, por se tratar de uma quadrilha de alta periculosidade com ramificações em vários estados.

Cleiber conforme denuncia feita pela Policia Federal e com grampos autorizados, foi apontado como ”mentor espiritual” e um dos que emprestava a sua conta corrente para receber quantias milionárias do grupo implicado na “Volver”. Num dos depósitos aparece uma movimentação de R$ 70 mil, valor incompatível com o padrão financeiro de “Pai Erô” apelido de Cleiber Alves.

Um dos advogados que atuava na defesa de Cleiber procurado pela reportagem adiantou que iria se manifestar porque ele já havia trocado de defensor e a procuração já teria sido reestabelecida a outro criminalista.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 370 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal