Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/11/2009 - Rádio Criciúma Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso por se passar por deputado e aplicar golpes em idosos no Sul do Estado


Araranguá – A Polícia Civil de Araranguá prendeu por extorsão, Daniel dos Santos D’Ávila, de 32 anos, na última quarta-feira (25), acusado por ter aplicado golpe, de quase R$ 20 mil, em uma idosa de 81 anos, moradora de Araranguá, no Sul do Estado.

GOLPE APLICADO

D’Ávila, que se apresentava como deputado, levou a vítima até Florianópolis prometendo que iria agilizar uma grande indenização pela morte do marido, desenhista do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), falecido em 1974. Na ocasião, a idosa acreditou no suposto deputado e assinou uma nota promissória em branco, a título de adiantamento da comissão para o golpista e arcou com todas as despesas de hospedagem, aluguel de veículos e outros que somaram a quantia de R$ 8 mil.

Na última terça-feira (24), por telefone, o homem se passou por juiz de direito e disse à idosa que estava reunido com promotores e deputados e a envolveria em crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Havia dito que a nota promissória assinada por ela estava com ele. Receosa por escândalos, sob ameaça de que se informasse a Polícia seria perseguida e teria que deixar a cidade, emprestou a quantia de R$ 6 mil e entregou a um motoqueiro que foi até o encontro dela.

D’Ávila não contente com a quantia que tinha extorquido da senhora, resolveu ligar novamente para a idosa e, ainda se passando como juiz, exigiu mais R$ 4.800,00 justificando que precisaria da quantia para pagar a fiança dos presos que estavam envolvidos no esquema de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas com a nota promissória assinada por ela, caso contrário ela seria detida e o seu nome seria divulgado na imprensa.

Ao solicitar mais dinheiro aos familiares, a vítima foi alertada e procurou a Central de Polícia e foi orientada a aceitar as condições do falso juiz. Conforme combinado com a idosa, o dinheiro foi entregue no início da tarde de quarta-feira, próximo a um hotel da cidade, onde o golpista foi preso, com uma motocicleta Honda, placa MDX-8791.

APREENSÃO E ANTECEDENTES

Além da motocicleta, os policiais civis conseguiram recuperar a quantia de R$ 9.460,00 em dinheiro que estava escondida na lixeira do banheiro de uma casa alugada por D’Ávila, na praia Meta, em Balneário Arroio do Silva.

De acordo com a Polícia, o homem possui vários antecedentes criminais por estelionato, receptação e apropriação indébita e era conhecido no meio policial por aplicar golpes em idosos, na região do Vale do Araranguá. D’Ávila costumava se intitular como assessor de deputados, juiz e prometia agilizar processos e aposentadorias.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 255 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal