Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/11/2009 - Agência Estadual de Notícias PR Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude na liberação de veículos resulta na prisão de casal em Foz do Iguaçu


Policiais civis da 6.ª Subdivisão Policial de Foz do Iguaçu prenderam, nesta sexta-feira (27), uma funcionária da Circunscrição Regional de Trânsito, (Ciretran) e seu marido, suspeitos de usar documentos exclusivos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), para liberação de veículos em situação irregular. Gerson Brambila, 32, foi detido quando recebia R$ 220 para liberar uma motocicleta, apreendida por policiais militares. Fabiana Branco de Camargo, 29 anos, foi presa logo depois.

De acordo com o delegado Amarildo Antunes, a polícia foi procurada por uma pessoa que teve a sua motocicleta apreendida, por estar irregular. Aos policiais, contou que procurou a Ciretran, para saber como proceder, para liberar o veículo. Ele foi atendido por Fabiana, que colocou vários empecilhos para iniciar o processo.

Logo que saiu do departamento, o dono da moto foi contatado por um homem, que se ofereceu para conseguir a liberação, pedindo R$ 500 pelo serviço. Pressentindo irregularidades, a vítima denunciou o caso na Subdivisão. “Orientamos a vítima para que aceitasse a oferta e negociasse o pagamento em local pré-determinado, para que pudéssemos acompanhar e efetuar as prisões” explicou o delegado.

FLAGRANTE – Por volta do meio-dia, a vítima combinou o encontro em uma padaria no centro da cidade. No local, o dono da moto foi contatado por Gerson, que aceitou receber R$ 220 para liberar o veículo. Ele foi preso em flagrante, no momento que recebia o dinheiro. Aos policiais disse que agia por conta própria sem a participação de terceiros.

Logo em seguida, policiais da Seção de Investigações e Capturas, da Subdivisão, foram até a Ciretran, para ouvir Fabiana, já ela que foi a funcionária contatada pela vítima. A servidora foi levada para a delegacia, onde ficou constatado que Gerson era o seu marido.

Em sua bolsa, a polícia encontrou vários documentos de uso restrito do Detran, como Certificado de Registro de Veículos (CRV), decalques de chassis e de liberação de veículos e documentos falsos. Em uma revista no carro de Gerson, os policiais encontraram mais documentos de uso exclusivo, e muitos documentos falsificados. Diante das evidências, o casal foi autuado em flagrante por corrupção ativa e passiva, falsificação de documento público, uso de documentos falsos.

“Eles portavam documentos que não poderiam sair da Ciretram. Suspeitamos que seriam usados para montar processos fraudulentos que serão investigados a partir de agora”, disse Antunes.

As investigações da polícia, com o apoio da Coordenadoria de Inspeção e Auditagem, (Coia), do Detran, são dirigidas agora, para levantar todos os processos em que a funcionária atuou, com objetivo de encontrar possíveis fraudes praticadas. O casal foi levado para a Cadeia Pública de Foz do Iguaçu.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 241 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal