Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/11/2009 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem tenta aplicar golpe em shopping

Por: Gustavo Azevedo

Autônomo de 60 anos foi preso após tirar próprio carro de estacionamento e comunicar o sumiço.

Capturar ladrão de carro é uma ocorrência corriqueira para os policiais. Ontem à noite, no entanto, a Brigada Militar foi surpreendida ao prender o homem que furtou o próprio veículo.

O caso, que chamou a atenção dos PMs, envolveu um dos principais centros de compras de Porto Alegre, já que o autônomo Carlos Alberto Correia de Mello, 60 anos, teria tentado dar um golpe ao comunicar o furto que não existiu.

O autônomo chegou ao Shopping Praia de Belas por volta das 14h e parou a sua Blazer no estacionamento. Cerca de 10 minutos depois, o automóvel foi retirado do local por um homem de boné, óculos e máscara cirúrgica.

Por volta das 19h, Mello reclamou à administração do shopping que o seu carro havia sido levado do estacionamento. Segundo a Brigada Militar, ao verificarem as imagens das câmeras de vigilância, os seguranças suspeitaram da versão do dono da Blazer. Os vigias resolveram seguir Mello, que saiu do centro comercial de carona em um Classe A junto com uma mulher. Na Rua 24 de Outubro, no bairro Moinhos de Vento, o homem saiu do Classe A e entrou na Blazer, que ele dizia ter sido roubada.

Um dos seguranças ligou para a Brigada Militar, que interceptou a Blazer na Rua Vicente da Fontoura, no bairro Santa Cecília. Dentro do carro, os PMs acharam os materiais usados para o disfarce, inclusive a máscara, e também uma pistola 6.35 mm. Segundo a BM, a Blazer pertence mesmo ao autônomo.

Os policiais suspeitam de que homem tentava dar o golpe do seguro – cujo carro é falsamente furtado para que o proprietário receba a indenização – ou enganar o shopping na busca de ressarcimento.

Os PMs encaminharam Mello para a Área Judiciária da Polícia Civil, onde foi lavrado o flagrante. Ele seria indiciado por estelionato e porte ilegal de armas. No início da madrugada, seria transferido para o Presídio Central.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 342 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal