Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/11/2009 - Jornal Pequeno Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dois homens são presos acusados de estelionato


Acusados de tentarem ‘vender’ uma prova, dois funcionários do Uniceuma (Renascença) foram presos e autuados em flagrante na noite de sexta-feira, 20, sob a acusação de estelionato. Marcelo Bulhões e Luís Fernando Tavares tentavam vender uma prova do curso de Direito quando foram surpreendidos. O coordenador de Segurança do Uniceuma, Tiago Souza tomou conhecimento que os dois funcionários estariam vendendo uma prova do curso de Direito. Ele comunicou à direção da universidade e ontem, uma professora armou o flagrante dos dois funcionários. Se passando por aluna, a professora combinou o pagamento do valor solicitado (R$ 800,00) e marcou o local para efetuar o pagamento. O local foi o calcadão do Colégio Adventista, próximo ao retorno da Cohama. Marcelo se dirigiu até o local em companhia de Luís Fernando. A professora já aguardava no local em companhia do delegado Alberto Castelo Branco que também é funcionário do Uniceuma. Os dois funcionários entregaram a prova e acabaram surpreendidos. Os dois foram presos em flagrante e conduzidos para o Plantão Central Beira Mar, onde o delegado plantonista procedeu a lavratura do auto de prisão. Os dois acusados já teriam vendido uma outra prova, também do curso de Direito por R$ 1.500 e teria beneficiado aproximadamente 10 alunos. Marcelo Bulhões Lima trabalhava na biblioteca e Luís Fernando Tavares era lotado na farmácia do Uniceuma.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 383 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal