Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/11/2009 - Jornal do Comércio Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MPF investiga possível fraude na negociação de trigo no Estado


O Ministério Público Federal abriu investigação esta semana em Santo Ângelo, no noroeste do Rio Grande do Sul, sobre possíveis irregularidades em leilões de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) de trigo. O órgão recebeu denúncia de produtores que estariam sendo forçados a vender trigo de qualidade superior por preço menor que o definido pelo governo a empresas que arremataram prêmio nos leilões realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O procurador da República Osmar Veronese pediu informações a órgãos públicos e privados sobre as operações de PEP e irá ouvir depoimentos. Não há prazo determinado para a conclusão das investigações. No leilão de PEP, a empresa que arrematou o prêmio assume o compromisso de comprar trigo pelo preço mínimo estipulado e comprovar o escoamento do produto para determinadas regiões. O produtor gaúcho encontra dificuldades para vender trigo. Por isso, estaria sendo obrigado a concordar com a redução de preço para assegurar a venda, segundo a denúncia.

A Conab realizou nesta quinta-feira (19) mais um leilão de PEP para apoiar a comercialização do cereal produzido em vários Estados. Na operação destinada ao mercado interno, foram negociadas 129 mil toneladas, representando 87% do total ofertado. Houve demanda para 54 mil t das 56 mil t do Rio Grande do Sul colocadas em oferta. No leilão com destino para o Norte, Nordeste ou exportação, foram negociadas 56 mil t das 80 mil t do RS.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 185 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal