Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

19/11/2009 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Viúva de autor de "O Pequeno Príncipe" falsificou cartas para ficar com herança


O livro "Les Mystères de Saint-Exupéry" (os mistérios de Saint-Exupéry, em tradução livre), recém-lançado na França, está causando polêmica por revelar que a mulher de Antoine de Saint-Exupéry falsificou cartas com a assinatura dele para ficar com a herança do autor de "O Pequeno Príncipe".

Consuelo Suncín (1902-1979), que era de El Salvador e inspirou o personagem da rosa no livro mais famoso de Saint-Exupéry, "não era querida por boa parte da família de Saint-Exupéry e ficou com medo de ficar sem nada", diz o autor do livro que traz a revelação, o jornalista Jean-Claude Perrier.

Segundo ele, depois que Saint-Exupéry desapareceu sobre o Mediterrâneo em 1944 -ele também era aviador-, Consuelo "falsificou cartas para fazer todos acreditarem que ela era sua herdeira universal". Descoberta a fraude, a mãe de Saint-Exupéry, Marie, quis evitar um escândalo na época e propôs a Consuelo dividir os direitos em partes iguais.

A tentativa de falsificação permaneceu como um segredo da família de Saint-Exupéry por 60 anos. Perrier, considerado conhecedor da obra de Saint-Exupéry na França, usou em sua pesquisa documentos que estavam com Antonio Martínez Fructuoso, motorista, secretário e último amor de Consuelo.

Em São Paulo, uma exposição sobre "O Pequeno Príncipe" e seu autor está em cartaz na Oca.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 173 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal